A presença da multidisciplinaridade no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da UNESP - Marília

Adam Felipe Ferreira, Íris Marques Tavares Sardelari, Lucilene Cordeiro da Silva Messias, Patrícia Zuccari, Marta Lígia Pomim Valentim

Resumo


Introdução: Com o advento da segunda revolução científica do século XX, nasceu a CI com características pautadas na interdisciplinaridade, relação com tecnologias de informação e comunicação, participação ativa na evolução da Sociedade da Informação, com forte dimensão social e humana. Embora seja considerada uma Ciência interdisciplinar, estudos da área indicam que muitos trabalhos não alcançaram este nível de interação com outras disciplinas, permanecendo na multidisciplinaridade. Objetivos: Refletir sobre o conceito de multidisciplinaridade e sua relação com a CI. Metodologia: A pesquisa tem natureza exploratória, qualitativa e com caráter bibliográfico. Foram analisadas, através do método análise de assunto, as dissertações e teses da linha de pesquisa “Gestão, Mediação e Uso da Informação” do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciência da Informação da Unesp, câmpus de Marília, defendidas e publicadas de 2013 a 2016, período da avaliação quadrienal da CAPES. Resultados: Identificou-se quais disciplinas e subdisciplinas interagiram com a CI nesses documentos e a relação da formação desses pesquisadores. Conclusões: Apesar da CI interagir com várias disciplinas e subdisciplinas, ela ainda mantém a sua maior interação com as disciplinas que foram berço de sua criação, como Arquivologia e Biblioteconomia.


Palavras-chave


Análise de Assunto; Ensino em Ciência da Informação; Campos e Disciplinas; Estruturas Epistêmicas

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA FILHO, N. Transdisciplinaridade e Saúde Coletiva. Ciência & Saúde Coletiva, v. 11, n. 1/2, 1997. Disponível em: . Acesso em: 12 ago. 2015.

ARAÚJO, C. A. A. O que é Ciência da Informação? Informação&Informação, Londrina, v. 19, n. 1, p. 1-30, jan./abr. 2014.

BICALHO, L. M. As relações interdisciplinares refletidas na literatura brasileira da Ciência da Informação. 2009. 268 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) – Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Ciência da Informação, Belo Horizonte, 2009.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União, Seção 1, 23 dez. 1996, p. 27833.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. 4. ed. Lisboa: Edições 70, 2009.

BORKO, H. Information Science: what is it? American Documentation, v. 19, n. 1, p. 3-5, jan. 1968.

CAPRA, F. O ponto de mutação. São Paulo: Cultrix, 2006.

CAPURRO, R.; HJORLAND, B. O conceito de informação. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 12, n. 1, p. 148-207, jan./abr. 2007. Disponível em: . Acesso em: 28 jun. 2018.

CARLOS, J. G. Interdisciplinaridade no ensino médio: desafios e potencialidades. 2007. 172 f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências) - Universidade de Brasília, Brasília, 2007.

COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR (CAPES). Documento de área 2009. Disponível em: . Acesso em: 3 jun. 2015.

DOMINGUES, I. Em busca do método. In: DOMINGUES, I. (Org.). Conhecimento e transdisciplinaridade II: aspectos metodológicos. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2005.

GOMES, H. F. Interdisciplinaridade e Ciência da Informação: de característica a critério delineador de seu núcleo principal. Datagramazero: Revista de Ciência da Informação, Rio de Janeiro, v. 2, n. 4, 2001. Disponível em: . Acesso em: 29 ago. 2015.

JAPIASSU, H. Interdisciplinaridade e patologia do saber. Rio de Janeiro: Imago, 1976.

MARCONI, M. de A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos de metodologia científica. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

MORAES, M. C. Pensamento eco-sistêmico: educação, aprendizagem e cidadania no século XXI. Petrópolis: Vozes, 2004.

MORIN, E. A cabeça bem-feita: repensar a reforma, reformar o pensamento. 8. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2003.

______. A Articulação dos saberes. In: MORIN, E.; ALMEIDA, M. da C.; CARVALHO, E. de A. (Org.). Educação e Complexidade: os sete saberes e outros ensaios. São Paulo: Cortez, 2002.

NAVES, M. M. L. Estudo de fatores interferentes no processo de análise de assunto. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 6, n. 2, p. 189-203, jul./dez. 2001. Disponível em: . Acesso em: 29 ago. 2015.

NICOLESCU, B. O manifesto da transdisciplinaridade. Triom: São Paulo, 1999.

PIAGET, J. The epistemology of interdisciplinary relationships. In: PIAGET, J. (Org.). Main trends in interdisciplinary research. New York: Harper & Row, 1973.

POMBO, O. Epistemologia da interdisciplinaridade. In: PIMENTA, C. Interdisciplinaridade, humanismo, universidade. Porto: Campo das Letras, 2003. Disponível em: . Acesso em: 3 jun. 2015.

PPGCI/UNESP. Informações sobre o PPGCI. 2015. Disponível em: . Acesso em: 23 ago. 2015.

SARACEVIC, T. Ciência da informação: origem, evolução e relações. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 1, n. 1, p. 41-62, jan./jun. 1996.

SOUZA, F. C. O ser interdisciplinar e a construção simbólica da "cura" nos espaços educacionais In: FAZENDA, I. O que é interdisciplinaridade? São Paulo: Cortez, 2008, p. 167-183. Disponível em: . Acesso em: 26 jun. 2018.

TARGINO, M. das G. A interdisciplinaridade da Ciência da Informação. Informação & Sociedade: Estudos, João Pessoa, v. 5, n. 1, p. 12-17, jan./dez. 1995.

VALENTIM, M. L. P. (Org.). III Reunião da Linha de Pesquisa 'Gestão, Medição e Uso da Informação: cadernos de resumos. Marília: FUNDEPE Editora, 2011. Disponível em: . Acesso em: 10 ago. 2015.

VALENTIM, M. L. P. (Org.). Gestão, mediação e uso da informação. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2010. 390 p. Disponível em: . Acesso em: 10 ago. 2015.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.2018v23n3p122

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

  

Inf. Inf.

ISSN: 1981-8920 (versão somente online)

DOI: 10.5433/1981-8920

e-mail: infoeinfo@uel.br



Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional