Curadoria digital: proposta de um modelo para curadoria digital em ambientes big data baseado numa abordagem semi-automática para a seleção de objetos digitais

Moisés Lima Dutra, Douglas Dyllon Jeronimo de Macedo

Resumo


Introdução: Expõe um novo olhar para Curadorias Digitais a partir de uma perspectiva Big Data. Objetivo: Propõe técnicas de seleção e avaliação de objetos digitais para curadorias digitais que levem em conta o volume, a velocidade, a variedade, a veracidade e o valor dos dados coletados em múltiplos domínios do conhecimento. Metodologia: Trata-se de uma pesquisa exploratória de natureza aplicada e de abordagem qualitativa. A aplicação de heurísticas permite que este processo seja feito tanto por curadores humanos quanto por agentes de software. Resultados: Apresenta um modelo para busca, tratamento, avaliação e seleção de objetos digitais a serem tratados em curadorias digitais. Conclusões: É possível utilizar ambientes Big Data como fonte de recursos informacionais para curadorias digitais. Técnicas e ferramentas Big Data podem auxiliar no processo de busca e seleção de recursos informacionais para serem tratados em Curadorias Digitais.


Palavras-chave


Curadoria Digital; Big Data; Objetos Digitais

Texto completo:

PDF

Referências


ABBOT, Daisy. What is digital curation? Edinburgh, UK: Digital Curation Centre, 2008. Disponível em: http://www.era.lib.ed.ac.uk/bitstream/1842/3362/3/Abbott%20What%20is%20digitl%20curation_%20_%20Digital%20Curation%20Centre.doc>. Acesso em: 02 set. 2016.

ARELLANO, Miguel Angel. Preservação de documentos digitais. Ci. Inf., v. 33, n. 2, p.15-27, ago. 2004.

BEAGRIE, Neil. Digital Curation for Science, Digital Libraries, and Individuals. The International Journal Of Digital Curation, Edinburgh, v. 1, n. 1, p.3-16, out. 2006.

BEYER, M. A.; LANEY, D.. The importance of big data: A definition. 2012. Disponível em: https://www.gartner.com/doc/2057415/importance-big-datadefinition>. Acesso em: 03 set. 2016.

CORRÊA, E. S.; BERTOCCHI, D. A cena cibercultural do jornalismo contemporâneo: Web semântica, algoritmos, aplicativos e curadoria. MATRIZes, São Paulo, v. 5, n. 2, p.123-144, jun. 2012.

DALLAS, C. Digital curation beyond the “wild frontier”: a pragmatic approach. Arch Sci, p.1-37, set. 2015.

DESCHAINE, M.; SHARMA, S. A. The Five Cs of Digital Curation: Supporting Twenty-First-Century Teaching and Learning. Insight: A Journal of Scholarly Teaching, v. 10, n. 1, p.19-24, 2015.

DOBREVA, M.; DUFF, W. M. The ever changing face of digital curation: introduction to the special issue on digital curation. Arch Sci, v. 15, n. 2, p.97100, mar. 2015.

FERREIRA, M. et al. ESTADO DA ARTE EM PRESERVAÇÃO DIGITAL. Lisboa: Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal, 2012.

HIGGINS, S. Digital Curation: The Emergence of a New Discipline. International Journal Of Digital Curation, v. 6, n. 2, p.78-88, out. 2011.

INTEL. Peer Research Report: Big Data Analytics. Disponível em: http://www.intel.co.za/content/www/za/en/big-data/data-insights-peer-researchreport.html>. Acesso em: 03 set. 2016.

KIM, J. Growth and trends in digital curation research: The case of the international journal of digital curation. In: PROCEEDINGS OF THE AMERICAN SOCIETY FOR INFORMATION SCIENCE AND TECHNOLOGY, 2014, Seatle, Estados Unidos. Proceedings... Seatle: Asist, 2014. p. 1 - 4.

LANEY, D. 3D data management: Controlling data volume, velocity and variety. META Group Research Note 6, fev. 2001.

MANYIKA, J. et al. Big data: The next frontier for innovation, competition, and productivity. Mckinsey Global Institute, 2011.

MCAFEE, A.; BRYNJOLFSSON, E.; DAVENPORT, T. H.; PATIL, D. J.; BARTON, D. Big data: The management revolution. Harvard Business Review, v. 90, no. 10, p. 61-67, out. 2012.

NIST. Big Data Definitions. Disponível em: http://dx.doi.org/10.6028/NIST.SP.1500-1. Acesso em: 03 set. 2016.

SAYÃO, L. F.; SALES, L. F. CURADORIA DIGITAL: um novo patamar para preservação de dados digitais de pesquisa. Informação e Sociedade: Estudos, João Pessoa, v. 22, n. 3, p.179-191, set./dez., 2012.

SAYÃO, L.; SALES, L. DADOS DE PESQUISA: contribuição para o estabelecimento de um modelo de curadoria digital para o país. Tendências da Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação, v. 6, n. 1, dez. 2013.

WARD, J. S.; BARKER A. B Undefined by data: a survey of big data definitions. arXiv preprint arXiv:1309.5821, out. 2013.

YAKEL, E. Digital curation. OCLC Systems & Services: International digital library perspectives, vol. 23, n. 4, p.335 – 340, abr. 2007.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.2016v21n2p143

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

  

Inf. Inf.

ISSN: 1981-8920 (versão somente online)

DOI: 10.5433/1981-8920

e-mail: infoeinfo@uel.br



Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional