Gestão de teses e dissertações eletrônicas no Brasil: sobre bibliotecas digitais de teses e dissertações e repositórios institucionais

Fernando César Lima Leite, Tainá Batista de Assis, Bianca Amaro de Melo

Resumo


Introdução: Apresenta análise sobre a gestão das teses e dissertações eletrônicas no contexto brasileiro. Os dilemas da coexistência de bibliotecas digitais de teses e dissertações e repositórios institucionais e suas implicações são discutidos e possíveis caminhos a serem considerados por atores responsáveis por sua gestão em nível institucional e nacional são propostos.

Objetivo: O objetivo do artigo é apresentar e analisar implicações decorrentes da existência concomitante das bibliotecas digitais de teses e dissertações e RI como sistemas de gestão de teses e dissertações e, além disso, propor e discutir alternativas de solução aos problemas enfrentados por atores responsáveis por sua gestão em nível institucional e nacional.

Metodologia: Dados sobre o estado dos sistemas de gestão de teses e dissertações foram obtidos junto IBICT. A análise permitiu agrupar as instituições brasileiras em três grandes categorias que representam a situação atual da gestão de teses e dissertações no Brasil.

Resultados: Obtiveram-se as configurações de três grandes cenários e suas implicações institucionais e nacional para a gestão de teses e dissertações. Dessas configurações foram elencadas alternativas de soluções para os problemas identificados.

Conclusões: Entre as conclusões, destacam-se: a continuidade da Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações do IBICT (BDTD) não implica, necessariamente, na continuidade das bibliotecas digitais de teses e dissertações. O investimento nos repositórios institucionais não significa o fim da BDTD; parte das universidades e instituições de pesquisa brasileiras não gozam de condições que as permitam manter efetivamente os dois sistemas.


Palavras-chave


teses e dissertações; teses e dissertações eletrônicas; BDTD; bibliotecas digitais de teses e dissertações; repositórios institucionais; RI; acesso aberto.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.2015v20n3p529

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

  

Inf. Inf.

ISSN: 1981-8920 (versão somente online)

DOI: 10.5433/1981-8920

e-mail: infoeinfo@uel.br



Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional