Nanopublicações e indexação: processos e relações

Lorena Tavares de Paula, Maria Aparecida Moura

Resumo


Introdução: O estudo parte da premissa de que indexar e disponibilizar conceitos na fonte primária pode oferecer subsídios ao compartilhamento e à colaboração científica na construção de novos conhecimentos. Apresenta-se o conceito de nanopublicações (nanopublications) e estabelece-se uma interconexão entre esse modelo emergente de representação da informação em ambientes digitais e as diretrizes postuladas pelo processo de indexação de informação. 

Objetivo: Apresenta-se o conceito de nanopublicações em interface com a indexação, no âmbito dos processos de organização da informação em contexto. Realiza-se um experimento de modelagem de nanopublicações que teve por objetivo analisar a viabilidade de elaboração de uma metodologia de organização de informação que permita a criação um modelo de representação de informação em ambientes digitais para a difusão de conhecimentos em rede.

Metodologia: A metodologia foi estabelecida em duas etapas. Na primeira etapa, realiza-se o cotejamento conceitual relativo à temática nanopublicações e indexação.  Na segunda etapa, baseada nas orientações da nanopublicação, estabelece-se a dimensão informacional do método através da geração de mapeamento dos elementos do corpus, da extração conceitual, da aplicação dos princípios de indexação e da modelagem da nanopublicação. Foram selecionados e analisados artigos relacionados ao conceito “netnografia” a partir de seleção realizada no “Google Scholar”. Os artigos obtidos pertenciam a um campo comum de conhecimento, a Ciência Social Aplicada, e a domínios distintos como: Comunicação Social, Administração e Ciência da Informação.

 Resultado: A elaboração da nanopublicação sobre “netnografia” proporcionou a percepção de que a interlocução metodológica com os princípios de indexação é possível e eficiente. O experimento proposto neste artigo corroborou o propósito da atribuição de crédito às citações, identificadas e caracterizadas na nanopublicação, pois além da identificação das principais definições de “netnografia” foi evidenciado o autor deste conceito, o qual foi citado em todos os artigos analisados e mencionado como a principal referência nos estudos netnográficos.  Além disso, ficou expressa a necessidade de representação temática de dois elementos no corpo de metadados, segundo as e-evidências. O primeiro está relacionado à citação direta em nanopublicações e o segundo está orientado à identificação das comunidades de origem dos autores dos artigos.

Conclusões: Considera-se que, diante dos visíveis avanços do conhecimento e da consequente explosão informacional em rede, devem-se buscar maneiras de impulsionar o uso da crescente produção documental, através de mecanismo de representação de informações coerentes com as demandas sócio/tecnológicas vigentes. Na atualidade, produzir conhecimento de maneira ágil, exige formas de recuperação de informação tão precisas quanto às unidades citáveis caracterizadas pelas nanopublicações.

Palavras-chave


Indexação, Nanopublicação, Metodologia, Cibercultura

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.2015v20n1p137

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

  

Inf. Inf.

ISSN: 1981-8920 (versão somente online)

DOI: 10.5433/1981-8920

e-mail: infoeinfo@uel.br



Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional