Interoperabilidade Semântica e Ontologia Semiótica: a construção e o compartilhamento de conceitos científicos em ambientes colaborativos online

Maria Aparecida Moura

Resumo


A consolidação dos sistemas de informação cooperativos, intensificados pela Web 2.0 e a institucionalização progressiva do conceito de E-Science no contexto da pesquisa científica, aumentou significativamente a presença de pesquisadores no ambiente digital e criou novas dinâmicas de consolidação colaborativa de conceitos científicos. Neste trabalho, tomaram-se por referência as principais evidências da dinâmica de construção colaborativa de conceitos científicos presentes nos discursos e na comunicação científica contemporânea na WEB para produzir um experimento de interoperabilidade semântica por meio de uma ontologia semiótica. O corpus terminológico foi constituído a partir de uma amostra de blogs científicos mantidos por pesquisadores como estratégia para o registro e a divulgação dos resultados parciais de pesquisa, sites de colaboratórios internacionais e de centros internacionais que apoiam as práticas E- Science e as chamadas de trabalho em eventos científicos vinculados à colaboração, à inovação científica e à pesquisa em ambientes digitais no período de 2007 a 2010. Como resultado, consolidou-se uma ontologia semiótica composta pela estrutura semântica pactuada pelos pesquisadores em ambientes digitais demarcados pelo trabalho colaborativo e pelo compartilhamento conceitual em rede.


Palavras-chave


Interoperabilidade semântica. Ontologia semiótica. Redes de cooperação científica.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.2011v16n2p165



  

Inf. Inf.

ISSN: 1981-8920 (versão somente online)

DOI: 10.5433/1981-8920

e-mail: infoeinfo@uel.br



Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional