Ao alcance da sociedade: análise das ações de difusão do centro de documentação e memória da UNESP (2015-2018)

Wilson de Jesus, Sonia Maria Troitiño Rodriguez

Resumo


Introdução: A memória coletiva e social é objeto de muitos interesses políticos, ideológicos, econômicos e culturais. Sendo assim, instituições públicas voltadas para a salvaguarda documental assumem um papel central para a preservação da memória. Entre elas, destacamos o Centro de Documentação e Memória (CEDEM) da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” - UNESP, que se constitui como uma instituição de memória com duas linhas temáticas: Memória Universitária e Memória dos Movimentos Político-sociais Brasileiros Contemporâneos.  Objetivo: Analisar as ações de difusão desenvolvidas pelo CEDEM. Metodologia: A metodologia da pesquisa é bibliográfica e descritiva, com base na literatura científica da área de Arquivologia e áreas afins sobre memória, e nos relatórios anuais de gestão no período de 2015 até 2018.  Resultados: Verificamos que a instituição tem em suas atividades, ações de difusão que são realizadas para atender a seus objetivos propostos. Conclusões: A instituição  preserva, guarda, propicia acesso e faz difusão do patrimônio documental da universidade e dos movimentos sociais, com preocupação na preservação digital e física dos acervos; abordagens de caráter educativo para difusão; inserção das suas discussões em mídias sociais (tais como, Facebook e YouTube); além da criação de um ambiente para debates (realizados na própria sede da instituição e transmitidos online nas mídias sociais, todos abertos e de forma gratuita), destacamos nesse sentido que há reflexões sobre temáticas a respeito de movimentos sociais; política brasileira e internacional; questões de gêneros; lançamentos de livros.


Palavras-chave


Centro de Documentação. Centro de Memória. CEDEM. Memória Institucional. Difusão.

Texto completo:

PDF

Referências


BELLOTTO, H. L. Arquivos Permanentes: tratamento documental. 4. Ed. RJ: Editora FGV, 2007.

CABRAL, R. M. Arquivo como fonte de difusão cultural e educativa. Acervo, v. 25, n. 1, p. 35- 44, 22 oct. 2012. Disponível em: . Acesso em: 10 dez. 2019.

CAMARGO, A; GOULART, S. Centros de memórias: uma proposta de definição. - São Paulo: Edições SESC São Paulo, 2015.

CAVALCANTI, M.T. Os centros de documentação universitários como espaços de institucionalização de “novas” memórias. Tese de Doutorado. Programa de Pós- Graduação em Ciência da Informação, convênio entre o Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia e a Universidade Federal do Rio de Janeiro/Escola de Comunicação. 2014, 190p. Disponível em: < http://ridi.ibict.br/handle/123456789/842 >. Acesso em: 07 out. 2019.

CENTROS DE MEMÓRIA: MANUAL BÁSICO PARA IMPLANTAÇÃO. – São Paulo: Itaú Cultural, 2013. 80 p. Disponível em: http://www.itaucultural.org.br/explore/blogs/centros-de-memoria-2/centros-de-memoria-manual-basico-para-implantacao-2/. Acesso em: 10 dez. 2019.

CORRÊA, A.M.M. Os Centros de Documentação e Memória da Unesp. O Centro de Documentação e Memória (CEDEM). In: SILVA, da Lopes Zélia (org) Arquivos, Patrimônio e Memória, trajetórias e perspectivas. Editora UNESP, São Paulo, 1999, p.80-81.

HEYMANN, L. Q. Indivíduo, Memória e Resíduo Histórico: uma reflexão sobre arquivos pessoais e o caso Filinto Muller. Revista Estudos Históricos, v. 10, n. 19, 1997. Disponível em: http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/reh/article/view/2041. Acesso em: 20 dez. 2019.

MORAES, S. (org.). Guia do Acervo - Cedem. São Paulo: CEDEM/UNESP, 2018.Disponível em: < https://www.cedem.unesp.br/Modulos/Noticias/312/guia_cedem_2018-1.pdf >. Acesso em: 05 jun. 2019.

POLLAK, M. Memória e identidade social. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, v. 5, n. 10, 1992, p. 200-212. Disponível em: . Acesso em: 10 jun. 2019.

TANNO, J. L. Centros de documentação e patrimônio documental: direito à informação, à memória e à cidadania. Acervo, v. 31, n. 3, p. 88-101, 10 dic. 2018. Disponível em: . Acesso em: 13 dez. 2019.

TESSITORE, V. Como implantar centros de documentação. São Paulo: Arquivo de Estado; Imprensa Oficial do Estado, 2003. 52p. (Projeto como fazer, 9).

TROITIÑO, S. De interesse público: Política de aquisição de acervos como instrumento de preservação de documentos. Revista do Arquivo, v. 1, p. 1-9, 2017. Disponível em: < http://www.arquivoestado.sp.gov.br/revista_do_arquivo/04/artigo_04.php >. Acesso em: 13 dez. 2019.

TROITIÑO, S. Relatório Anual de Gestão 2014-2016 do Centro de Documentação e Memória da Unesp - CEDEM. 2018. Não publicado.

TROITIÑO, S. Relatório Anual de Gestão 2017 do Centro de Documentação e Memória da Unesp - CEDEM. 2018. Não publicado.

TROITIÑO, S. Relatório Anual de Gestão 2018 do Centro de Documentação e Memória da Unesp - CEDEM. 2019. Não publicado.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2317-4390.2020v9n2p176

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Inf. Prof.

Londrina/PR - Brasil
ISSN: 2317-4390 (versão online)

DOI: 10.5433/2317-4390

infoprof@uel.br

 


 
Esta obra está licenciada com uma licença Creative Commons Atribuição-Não comercial 4.0 Internacional.