Evolução das linguagens de marcação: um breve histórico à luz da área de Ciência da Informação

Rogério Aparecido Sá Ramalho, Paulo George Miranda Martins, Janailton Lopes Sousa

Resumo


Introdução: As denominadas Linguagens de Marcação sempre tiveram relação direta com as práticas profissionais identificadas no campo da Ciência da informação, a partir do desenvolvimento do ambiente Web tais tecnologias ganharam maior destaque, impulsionado a criação de uma grande variedade de aplicações com diferentes características e propósitos.
Objetivo: Apresentar um compêndio da evolução das linguagens de marcação, analisando tais tecnologias sob o enfoque da área de Ciência da Informação e descrever os conceitos e características das principais linguagens utilizadas na área.
Metodologia: Revisão de literatura sobre evolução das linguagens de marcação, sob a perspectiva da Ciência da informação, abordagem qualitativa de natureza aplicada.
Resultados: O artigo apresenta uma breve revisão sobre a evolução das linguagens de marcação, contribuindo para uma maior discussão desta temática na área de Ciência da Informação, no intuito de favorecer uma melhor compreensão de tais tecnologias, seus reflexos e aplicações na área de Ciência da Informação.
Conclusão: Constatou-se que atualmente a linguagem XML apresenta um maior número de aplicações no cotidiano dos profissionais da informação, impulsionando grandes avanços para a área, contudo, RDF ainda é pouco explorada, evidenciando a necessidade de um melhor entendimento da evolução das linguagens de marcação e dos conceitos subjacentes, de modo que tais avanços tecnológicos não sejam desenvolvidos a partir de um ‘vazio conceitual’, com o único objetivo de atender demandas de mercado, e possam ser devidamente sedimentados no campo teórico.


Palavras-chave


Tecnologias da Informação; Linguagens de Marcação; Modelo de Dados; Representação da Informação; Web Semântica

Texto completo:

PDF

Referências


ALEIXO, D. V. B.S.; SANT’ANA, R. C. G.; RAMALHO, R. A. S. Resource description framework (RDF): o impacto nas publicações na Ciência da Informação. 2017. In: SEMINÁRIO EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 7., 2017. Londrina. Anais eletrônicos...Londrina: UEL, 2017. Disponível em: http://www.uel.br/eventos/cinf/index.php/secin2017/secin2107/paper/viewFile/. Acesso em: 08 nov. 2017.

ALESSO, H. P.; SMITH, C. F. Developing Semantic Web services. Massachusetts: A K Peters, Ltd, 2005.

ALMEIDA, M. B. Uma introdução ao XML, sua utilização na internet e alguns conceitos complementares. Ciência da Informação, Brasília, v. 31, n. 2, p. 5- 13, maio/ago. 2002.

BAX, M. P. Introdução às linguagens de marcas. Ciência da Informação, v. 30, n. 1, p. 32-38, 2001. Disponível em: http://www.brapci.ufpr.br/brapci/v/a/650. Acesso em: 11 set. 2016.

BISCHOF, S.; DECKER, S. ; KRENNWALLNER, T.; LOPES, N. Mapping between RDF and XML with XSPARQL. 2011. Disponível em: http://link.springer.com/article/10.1007/s13740-012-0008-7. Acesso em: 11 fev. 2017.

DAUM, B.; MERTEN, U. Arquitetura de sistemas com XML: conteúdo, processo e apresentação. Rio de Janeiro: Campus, 2002, p. 43-48.

EDWARDS, M. XML: data the way you want it. [S. l.]: Microsoft, 1997.

FURGERI, S. O papel das linguagens de marcação para a Ciência da Informação. TransInformação, Campinas, v. 18, n. 3, p. 225-239, set./dez. 2006. Disponível em: http://periodicos.puccampinas.edu.br/seer/index.php/transinfo/article/view/670. Acesso em: 18 mar. 2017.

HEITLINGER, P. O guia prático da XML: conceitos, exemplos, prática e aplicações da linguagem universal. 2001. Disponível em: http://www.centroatl.pt/titulos/tecnologias/imagens/oguiapraticoda-xml-excerto.pdf. Acesso em: 25 ago. 2016.

HICKSON, I. et al. HTML5: a vocabulary and associated APIs for HTML and XHTML.W3C Recommendation. 2014. Disponível em: https://www.w3.org/TR/html5/single-page.html. Acesso em: 21 jan. 2016.

KLYNE, G.; CARROLL, J. J. Resource Description Framework: concepts and abstract syntax. W3C recommendation. 2004. Disponível em: http://www.w3.org/TR/2004/REC-rdf-concepts-20040210. Acesso em: 15 set. 2015.

KONTOPOULOS, E.; KRAVARI, K.; BASSILIADES, N. Object-Oriented modeling of RDF schema ontologies. 2007. Disponível em: http://lpis.csd.auth.gr/publications/pci2007-kontopo_et_al.pdf. Acesso em: 24 jan. 2017.

LASSILA, O; SWICK, R. Resource Description Framework (RDF): model and syntax specification. W3C Recommendation. [S.l. : s.n.],1999. Disponível em: https://www.w3.org/TR/1999/REC-rdf-syntax-19990222/. Acesso em: 09 mar. 2017.

MARCONDES, C. A. HTML 4.0 fundamental: a base da programação para a web. 2. ed. São Paulo: Érica, 2007.

MILLER JUNIOR, R. Teoria e problemas de XML. Porto Alegre: Bookman, 2003.

MORENO, F. P.; BRASCHER, M. MARC, MARCXML e FRBR: relações encontradas na literatura. Informação & Sociedade: Estudos, João Pessoa, v.17, n.3, p. 14-16, 2007. Disponível em: http://www.ies.ufpb.br/ojs2/index.php/ies/article/view/834/1582.Acesso em: 07 abr. 2015.

OPARA, E.; SRIVASTAVA, M. Extensible Markup Language: an enterprise integration web delivery system. Communications of the IIMA, v. 3: n. 2, p. 5, 2003. Disponível em: http://scholarworks.lib.csusb.edu/ciima/vol3/iss2/5. Acesso em: 12 fev. 2017.

RAMALHO, R. A. S. Web Semântica: aspectos interdisciplinares da gestão de recursos informacionais no âmbito da Ciência da Informação. 2006, 120 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, Marília, 2006.

RAMALHO, R.A.S. Análise do Modelo de Dados SKOS: Sistema de Organização do Conhecimento Simples para a Web. Informação & Tecnologia (Itec), v. 2, p. 66-79, 2015.

SILVEIRA, D. T.; CÓRDOVA, F. P. A pesquisa científica. In: GERHARDT, T. E.; SILVEIRA, D. T. (Orgs.). Métodos de pesquisa. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2009.

SENGUPTA, A.; DILLON, A. Extending SGML to accommodate database functions: a methodological overview. Journal of the American Society for Information Science, v. 48, n. 7, p. 629-637, 1997. Disponível em: http://hdl.handle.net/10150/105183. Acesso em: 17 fev. 2017.

TEIXEIRA, E. C. Utilizando XML para publicação de dados multimídia na Web. 2002. 77 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Computação) – Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2002. Disponível em: https://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/527. Acesso em: 15 jan. 2017.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2317-4390.2017v6n2p20

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Inf. Prof.

Londrina/PR - Brasil
ISSN: 2317-4390 (versão online)

DOI: 10.5433/2317-4390

infoprof@uel.br



Esta obra está licenciada com uma licença Attribution 4.0 International (CC BY 4.0)