Comissão da verdade: os documentos e a validez do discurso; Comisión de la verdad: los documentos y la validez del discurso

Dayo de Araujo Silva Côrbo, Clóvis Ricardo Montenegro de Lima

Resumo


Introdução: O presente artigo fundamenta-se na dissertação de mestrado, Comissão da Verdade: os documentos e a validez do discurso, defendida no Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia no ano de 2013, tem como objetivo investigar o papel da informação, materializada em documentos, a partir da ação de atores sociais que agem comunicativamente e que produzem aprendizagem ao agirem.

Objetivo: Investigar o papel da informação, materializada em documentos, a partir da ação dos atores sociais que agem comunicativamente e que produzem aprendizagem ao agirem. Utiliza-se como objeto de investigação a Comissão Nacional da Verdade do Brasil.

Metodologia: A metodologia empregada é uma pesquisa descritiva e exploratória. Usa-se como referencial teórico a reformulação de uma versão discursiva da verdade feita por Jürgen Habermas com fins de sanar o problema da ineficácia da teoria da verdade por correspondência.

Resultados: Nessa teoria o conceito de verdade compara-se a uma assertividade ideal e é atributo dos enunciados.

Conclusões: A partir da teoria pragmática da verdade evidencia-se, no objeto de estudo, que a informação em atos de fala e na sua materialização documental atua como uma verdade provisória que se valida no discurso público.


Palavras-chave


Habermas; Truth commission; Information; Document; Truth; Speech

Texto completo:

PDF

Referências


ARGENTINA. Comisión Nacional Sobre la Desaparición de Personas. Nunca más. Buenos Aires: EUDEBA, 1995.

ARGENTINA.Decreto nº 187, de 15 de diciembre de 1983. Crea a Comisión Nacional sobre la Desaparición de Personas. Boletín Oficial. 19 Dic. 1983.

BRASIL. Comissão nacional da verdade. Disponível em: http://www.cnv.gov.br/. Acesso em: 10 fev. 2013.

BRASIL. Lei nº 12.528, de 18 de novembro de 2011. Cria a Comissão Nacional da Verdade no âmbito da Casa Civil da Presidência da República. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil. Poder Executivo, Brasília, 18 nov. 2011.

CHILE. Corporación Nacional de Reparación y Reconciliación. Informe de la comisión nacional de verdad y reconciliación. Chile, 1996. t. 1-2.

CHILE. Decreto Supremo nº 355, de 24 de abril de 1990. Informe de la Comisión Nacional de Verdad y Reconciliación. Chile, 1996. t. 1-2.

CHILE. Ley nº19.123 del 8 de febrero de 1992. Informe de la Corporación Nacional de Reparación y Reconciliación. Chile, 1996.

CUYA, Esteban. Justiça de transição. Acervo, Rio de Janeiro, v. 24, n. 1, p. 37-78, jan./jun. 2011.

GONZÁLEZ DE GÓMEZ, Maria Nélida. Habermas, informação e argumentação. In: COLÓQUIO HABERMAS, 5., 2008, Florianópolis. Anais... Florianópolis: UFSC, set. 2008. p. 1-19.

GREGORI, José. Comissão da verdade: mais um elo de uma corrente. Interesse Nacional, São Paulo, ano 5, n. 17, p. 9-13, abr./jun. 2012.

HABERMAS, Jürgen. Entre naturalismo e religião: estudos filosóficos. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 2007.

HABERMAS, Jürgen. A ética da discussão e a questão da verdade: estudos de teoria política. 3. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2004a.

HABERMAS, Jürgen. Mudança estrutural da esfera pública: investigações quanto a uma categoria da sociedade burguesa. 2. ed. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 2003.

HABERMAS, Jürgen. Pensamento pós-metafísico: estudos filosóficos. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 2002.

HABERMAS, Jürgen. Teoria da racionalidade e teoria da linguagem. Lisboa: Ed. 70, 2009. (Obras escolhidas de Jurgen Habermas, v. 2).

HABERMAS, Jürgen. Verdade e justificação: ensaios filosóficos. São Paulo: Loyola, 2004b.

NAÇÕES UNIDAS. Instrumentos del Estado de Derecho para sociedades que han salido de um conflicto: comissiones de la verdade. Nova Iorque/Genebra: ONU, 2006.

PIOVESAN, Flávia. Direito à verdade e à justiça: o caso brasileiro. Interesse Nacional, São Paulo, v. 5, n. 17, p. 14-24, abr./jun. 2012.

SIEBENEICHLER, Flávio Beno. Jurgen Habermas: razão comunicativa e emancipação. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 2003.

WINAND, Erica Cristina Alexandre; BIGATÃO, Juliana de Paula. A política brasileira para os direitos humanos e sua inserção nos jornais: a Comissão Nacional da Verdade. In: CONGRESSO DA ASSOCIAÇÃO DE ESTUDOS LATINO-AMERICANOS, 2012, San Francisco. Anais... San Francisco, 2012. p. 1-24.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2317-4390.2013v2n2p45

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Inf. Prof.

Londrina/PR - Brasil
ISSN: 2317-4390 (versão online)

DOI: 10.5433/2317-4390

infoprof@uel.br



Esta obra está licenciada com uma licença Attribution 4.0 International (CC BY 4.0)