Formação de professores de História: institucionalização e pesquisas acerca da formação

Maria Caroline Aguiar da Silveira, Gionara Tauchen, Júlia Silveira Matos

Resumo


No presente artigo, apresentamos parte da pesquisa que está sendo desenvolvida junto ao Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Rio Grande - FURG, que tem como título Formação inicial de professores de História: organizações curriculares e saberes constituintes. O objetivo geral dessa pesquisa é problematizar a formação inicial de professores de História, a partir da análise da estruturação dos saberes pedagógicos e do conhecimento (PIMENTA, 2012) nos currículos dos cursos de licenciatura em História das universidades federais brasileiras. No trabalho que aqui expomos, referente a primeira parte da pesquisa, buscamos compreender os processos de institucionalização da História enquanto um curso de Ensino Superior, atentando para a relação que a licenciatura estabeleceu em termos curriculares desde a gênese desse processo. A partir disso, procurando ampliar as compreensões a respeito das temáticas referentes à formação de professores de história e do currículo, realizamos uma pesquisa bibliográfica, do tipo Estado da Arte ou estado do conhecimento (FERREIRA, 2002), utilizando a base de dados da Scientific Electronic Library Online (SciELO) e o portal de periódicos da CAPES. Buscamos por descritores referentes à formação de professores/as de história, licenciatura em história, ensino de história relacionado aos aspectos formativos e institucionais, institucionalização dos cursos de história e currículo do curso de história. Identificamos 11 artigos, os quais balizados pela Análise de Conteúdo (BARDIN, 1977), nos possibilitaram construir um panorama sobre as principais preocupações temáticas referentes à formação de professores de história, currículo e articulação entre os saberes, sendo estas as categorias elencadas a partir das palavras-chaves presente nos artigos.


Palavras-chave


Formação de professores de história; Estado da arte; Currículo

Texto completo:

PDF

Referências


AZEVEDO, Fernando de, et al. O Manifesto dos Pioneiros da Educação Nova (1932). Revista HISTEDBR On-line, Campinas, n. especial, p.188–204, ago. 2006. Disponível em: https://fe-old.fe.unicamp.br/pf-fe/publicacao/4921/doc1_22e.pdf. Acesso em: 24/04/2018.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977.

FERREIRA, Marieta de Moraes. O ensino da história na Faculdade Nacional de Filosofia da Universidade do Brasil. História, Ciências, Saúde-Manguinhos, Rio de Janeiro, RJ, v. 19, n. 2, abr.-jun. 2012, p. 611-636. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/hcsm/v19n2/14.pdf. Acesso em: 26/10/2017.

FERREIRA, Norma Sandra de Almeida. As pesquisas denominadas “estado da arte”. Educação & Sociedade, São Paulo, SP, ano 23, n. 79, p. 257-272, ago. 2002. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/es/v23n79/10857.pdf. Acesso em: 13/11/2017.

FONSECA, Selva Guimarães. Caminhos da História ensinada. 13. ed. Campinas: Papirus, 2011.

FREITAS, Itamar. Reformas educacionais e os currículos nacionais para o ensino de história no Brasil republicano (1931/2009). Cadernos de História da Educação, Uberlândia, MG, v. 12, n. 1, p. 187-202, jan./jun. 2013. Disponível em: http://www.seer.ufu.br/index.php/che/article/view/22903/12430. Acesso em: 21/05/2018

MESQUITA, Ilka Miglio de; FONSECA, Selva Guimarães. Formação de professores de História: experiências, olhares e possibilidades. História Unisinos, São Leopoldo, RS, v. 10, n. 3, p. 333-343, set./dez. 2006. Disponível em: http://revistas.unisinos.br/index.php/historia/article/view/6187. Acesso em: 06/02/2018.

NASCIMENTO, Thiago Rodrigues. A formação do professor de História no Brasil: percurso histórico e periodização. História Hoje: Revista de História e Ensino, São Paulo, SP, v. 2, n. 4, p. 265-304, 2013. Disponível em: https://rhhj.anpuh.org/RHHJ/article/view/98/79. Acesso em: 08/05/2018.

PACIEVITCH, Caroline. Conhecimento didático e formação de professores de história: contribuições para a teoria e a prática. Diálogo Andino: Revista de História, Geografia y Cultura Andina, Arica, n. 52, p. 117-126, 2017. Disponível em: https://www.scielo.cl/pdf/rda/n53/0719-2681-rda-53-00117.pdf. Acesso em: 23/04/2018.

PIMENTA, Selma Garrido; LIMA, Maria Socorro Lucena. Estágio e docência. 3. ed. São Paulo: Editora Cortez, 2008.

RAYS, Oswaldo Alonso. A relação teoria-prática na didática escolar crítica. In: VEIGA, Ilma Passos Alencastro (org.). Didática: o ensino e suas relações. Campinas, SP: Papirus Editora, 1996. p. 33-52.

RICCI, Cláudia Sapag. Historiador e/ou professor de História: a formação nos cursos de graduação de História. História Hoje: Revista de História e Ensino, São Paulo, v. 4, n 7, p. 107-135, 2015. Disponível em: https://rhhj.anpuh.org/RHHJ/article/view/178/127. Acesso em: 23/04/2018.

RODRIGUES, Mara Cristina de Matos. A formação superior em história na UPA/URGS/UFRGS de 1943-1971. História da Historiografia, Mariana, n. 11, p. 122-139, abr. 2013. Disponível em: https://www.historiadahistoriografia.com.br/revista/article/view/544. Acesso em: 24/05/2018.

ROIZ, Diogo Silva. A institucionalização do ensino universitário de Geografia e História na faculdade de filosofia, Ciências e Letras da Universidade de São Paulo entre 1934 e 1956. Ágora: Revista do Departamento de História e Geografia, Santa Cruz do Sul, v. 13, n. 1, p. 65-104, jan./jun. 2007. Disponível em: https://online.unisc.br/seer/index.php/agora/article/view/111. Acesso em: 21/05/2018.

SCHMIDT, Maria Auxiliadora Moreira dos Santos. História do ensino de história no Brasil: uma proposta de periodização. Revista História da Educação – RHE, Pelotas, v. 16, n. 37, p. 73-91, maio/ago. 2012. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/asphe/article/view/24245. Acesso em: 21/05/2018.

SILVA, Norma Lúcia da; FERREIRA, Marieta de Moraes. Os caminhos da institucionalização do ensino superior de história. História & Ensino, Londrina, v. 17, n. 2, p. 283-306, jul./dez. 2011. Disponível em: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/histensino/article/view/11242. Acesso em: 10/05/2017.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2238-3018.2021v27n1p29

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Hist. Ensino
E-Issn: 2238-3018
DOI10.5433/2238-3018
E-mail: labhis@uel.br