Narrativas de Professoras sobre textos impressos e virtuais no Ensino de História para os Anos Iniciais do Ensino Fundamental

Magda Madalena Tuma, Kátia Maria Abud

Resumo


O movimento cognitivo do sujeito para a narrativa de seu percurso e projeto gera a construção de uma ‘figura de si’ onde se anuncia como sujeito de uma história da qual é o autor e articulador das dimensões do presente, do passado e do futuro. Nesta perspectiva, para a produção de depoimento-documento por 15 professoras dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental da rede municipal de Londrina, optamos pela proposição dos ateliês biográficos de Delory- Momberger (2008). Este exercício de comunicação intercultural propiciou o reconhecimento do sentido atribuído aos textos virtuais na relação com textos impressos para o Ensino de História, onde constatamos que os livros utilizados para o Ensino de História ao serem transformados em textos eletrônicos são superestimados na ausência da consideração de que não é o suporte dado ao livro (impresso ou eletrônico) que gerará melhores abordagens e/ou ampliará seu potencial para a aprendizagem histórica nos Anos Iniciais.


Palavras-chave


Narrativas de professores; Ensino de História; Aprendizagem histórica; Anos Iniciais

Texto completo:

PDF

Referências


BÉDARIDA, François. As responsabilidades do Historiador expert. In: BOUTIER, Jean; JULIA, Dominique. Passados recompostos: campos e canteiros da História. Rio de Janeiro: Editora UFRJ; Editora FGV, 1998. p.145-153.

BLANCH, Joan Pagès; FERNÁNDEZ, Antoni Santisteban. La ensenanza y el aprendizaje del tempo histórico em la educación primaria. Caderno CEDES, Campinas, n. 82, p. 281-309, set./dez. 2010.

BORGHI, Beatrice. Las fuentes de la historia entre investigación y didáctica. In: RUIZ, Rosa M. Ávila; GRACIA, M. Pilar Rivero; SANZ, Pedro L. Dominguez. Metodologia de investigación em didáctica de las ciencias sociales. Zaragoza: Institución Fernando El Católico (C.S.I.C), 2010. p.75- 84.

CHESNAUX, Jean. Modernidade-Mundo. 2.ed. Petrópolis: Vozes, 1996.

COOPER, Hilary. Didáctica de la historia em la educación infantil y primaria. Madrid: Ministério de Educación, Cultura Y Deporte; Ediciones Morata, 2002.

CERTEAU, Michel de. A escrita da história. 2. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2007.

CHARTIER, Roger. A história ou a leitura do tempo. 2. ed. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2010.

CHARTIER, Roger. A aventura do livro: do leitor ao navegador. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo: Editora UNESP, 1998.

COX, Kenia Kodel. Informática na educação escolar. 2. ed. Campinas: Autores Associados, 2008.

HABERMAS, Jürgen. Técnica e ciência como ideologia. Lisboa: Edições 70, 2011.

HOBSBAWM, Eric. O novo século. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

KOCKA, Jürgen. Historia social y conciencia historica. Madrid: Marcial Pons, Ediciones de Historia S.A, 2002

KOSELLECK, Reinhart. Los estratos del tempo: estudios sobre la historia. Barcelona: Ediciones Paidós Ibérica S. A., 2001.

KOSELLECK, Reinhart. Futuro passado: contribuição à semântica dos tempos históricos. Rio de Janeiro: Contraponto: Ed. PUC-Rio, 2006.

LAHIRE, Bernard. Homem plural: os determinantes da ação. Petrópolis: Editora Vozes, 2002. LE GOFF, Charles. História e memória. 5. ed. Campinas: Editora da UNICAMP, 2003.

MATTOZZI, Ivo. La investigación sobre didáctica de la Historia como diálogo entre investigación teórica e investigación aplicada. In: RUIZ, Rosa M. Ávila; GRACIA, M. Pilar Rivero; SANZ, Pedro L. Dominguez. Metodologia de investigación em didáctica de las ciencias sociales. Zaragoza: Institución Fernando El Católico (C.S.I.C), 2010. p.95-104.

RÜSEN, Jörn. Razão histórica: teoria da história: os fundamentos da ciência histórica. Brasília: UNB, 2001.

RÜSEN, Jörn. História viva: teoria da história III: formas e funções do conhecimento histórico. Brasília: UNB, 2007. RÜSEN, Jörn. Jörn Rüsen e o ensino de história. Curitiba: Ed. UFPR, 2010.

RÜSEN, Jörn. Aprendizagem histórica: fundamentos e paradigmas. Curitiba: W. A. Editores, 2012.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2238-3018.2018v24n2p197

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Hist. Ensino
E-Issn: 2238-3018
DOI10.5433/2238-3018
E-mail: labhis@uel.br