O Ensino de História na educação pública brasileira: uma análise dos pressupostos historiográficos dos currículos estaduais da década de 1980

Geyso Dongley Germinari, Flávio Jose Dalazona

Resumo


Este artigo apresenta os resultados finais de uma investigação desenvolvida na iniciação científica, vinculada ao Departamento de História da Universidade Estadual do Centro-Oeste, campus Irati, entre 2015 e 2016. A pesquisa examinou a conjuntura do ensino de História no Brasil, na década de 1980, por meio das propostas curriculares publicadas pelas Secretarias de Educação dos estados de São Paulo e Paraná. A intenção foi abordar o período de redemocratização da sociedade brasileira, pós-ditadura militar (1964-1985), e desvelar como, no campo curricular, a disciplina de História renovou as suas propostas de ensino. Nessa direção, o problema de pesquisa centrou-se na análise dos pressupostos historiográficos que embasaram as propostas curriculares na década de 1980. Do ponto de vista metodológico, utilizou-se a análise de conteúdo, na perspectiva de Bardin (2011), e como fonte de pesquisa o Currículo Básico Para a Escola Pública do Estado do Paraná, publicado em 1990, e a Proposta Curricular Para o Ensino de História-1º grau de São Paulo, elaborado em 1989. Como resultado, a pesquisa demonstrou que as propostas curriculares das redes públicas de ensino dos estados de São Paulo e do Paraná constituíram-se como espaços importantes da produção de uma tentativa de renovação do ensino de História, em conformidade com as principais correntes historiográficas da época, aspecto que possibilitou a construção de novas propostas de conteúdos e metodologias de ensino comprometidas com a emancipação crítica do aluno frente ao saber histórico.


Palavras-chave


Ensino de História; Currículo; Historiografia

Texto completo:

PDF

Referências


BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

CAINELLI, Marlene Rosa; TUMA, Magda Madalena. A experiência do passado reconhecida no tempo presente: um estudo sobre o currículo básico para a escola pública do Paraná – História (1990). Currículo sem Fronteiras, [S. l.], v. 12, n. 3, p. 287-305, set./dez. 2012.

CAIMI, Flávia Eloisa. A base empírica: os agentes da discussão sobre o ensino de história nas décadas de 1980 e 1990. In: CAIMI, Flávia Eloisa. Conversas e controvérsias: o ensino de história no Brasil (1980-1998). Passo Fundo: UPF, 2001. p. 49-89.

COSTA, Aryana Lima; OLIVEIRA, Margarida Maria. O ensino de história como objeto de pesquisa no Brasil: no aniversário de 50 anos de uma área de pesquisa, notícias do que virá. Saeculum: Revista de História, João Pessoa, v. 16, p. 147-160, jan./jun. 2007.

FARIAS JÚNIOR, José Petrúcio. Ensino de história: trajetórias de uma disciplina na educação básica. Acta Scientiarum, Maringá, v. 35, n. 1, p. 127-134, jan./jun. 2013.

FONSECA, Selma Guimarães. Ensino de história: diversificação de abordagens. Revista Brasileira de História, São Paulo, v. 9, n. 19, p. 197-208, set./fev. 1989-1990.

FONSECA, Selma Guimarães. Em busca de outras histórias: duas propostas dos anos 80. In: FONSECA, Selma Guimarães. Caminhos da história ensinada. 3. ed. Campinas: Papirus, 1995. p. 85-109.

FONSECA, Selma Guimarães. Abordagens historiográficas recorrentes no ensino fundamental e médio. In: FONSECA, Selma Guimarães. Didática e prática de ensino de história: experiências, reflexões e aprendizados. 12. ed. Campinas: Papirus, 2003. p. 39-48.

GASPARELLO, Arlette Medeiros. Construindo um novo currículo de história. In: NIKITIUK, Sônia Maria Leite. Repensando o ensino de história. 6. ed. São Paulo: Cortez, 2007. p. 85-100.

GERMINARI, Geyso Dongley. O ensino de história local e formação da consciência histórica: possibilidades para educação do campo. Quaestio, Sorocaba, v. 18, n. 3, p. 761-776, nov. 2016.

HUNT, Lynn. Apresentação. In: HUNT, Lynn (org.). A nova história cultural. São Paulo: Martins Fontes, 1992. p. 1-29.

MATHIAS, Carlos Leonardo Kelmer. O ensino de história no Brasil: contextualização e abordagem historiográfica. História Unisinos, Rio Grande do Sul, v. 15, n. 1, p. 40-49, jan./abr. 2011.

NADAI, Elza. A escola pública contemporânea: os currículos oficiais de história e o ensino temático. Revista Brasileira de História, São Paulo, v. 6, n. 11, p. 99-116, set./fev. 1985-1986.

NADAI, Elza. O ensino de história no Brasil: trajetória e perspectiva. Revista Brasileira de História, São Paulo, v. 13, n. 25/26, p. 143-162, set./ago. 1992-1993.

PARANÁ. Secretaria de Estado da Educação. Currículo básico para a escola pública do Paraná. Curitiba: SEED, 1990.

SÃO PAULO (Estado). Secretaria de Estado da Educação. Proposta curricular para o ensino de História - 1º grau. São Paulo: CENP, 1989.

TOLEDO, Maria Aparecida Leopoldino Tursi. Reflexões sobre a crítica feita ao ensino de história no Brasil nos anos 80. Acta Scientiarum, Maringá, v. 22, n. 1, p. 147-156, 2000.

ZAMBONI, Ernesta. Panorama das pesquisas no ensino de História. Saeculum: Revista de História, João Pessoa, n. 6/7, p. 105-117, jan./dez. 2001.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2238-3018.2020v26n1p20

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Hist. Ensino
E-Issn: 2238-3018
DOI10.5433/2238-3018
E-mail: labhis@uel.br