Educação patrimonial e ensino de história na Ilha do Mel

Evandro Cardoso do Nascimento

Resumo


A proposta deste artigo é apresentar experiências de educação patrimonial na Ilha do Mel – Paranaguá/PR desenvolvidas com alunos do 6º ano do ensino fundamental do Colégio Estadual Lucy Requião de Mello e Silva. Neste contexto, a educação histórica surge como referencial teórico e metodológico que orienta tais investigações e possibilita a utilização do patrimônio como fonte primária para as aulas de História. Partindo das preposições de Jörn Rüsen (2001), Jacques Lee Goff (2009), Peter Lee (2003) e Isabel Barca (2004) este trabalho busca investigar a relação que a educação patrimonial tem com a educação histórica e apresentar as experiências da pesquisa empírica. Tal investigação revela que o patrimônio, quando enquadrado na perspectiva da educação histórica, contribui para o desenvolvimento da consciência histórica dos alunos.


Palavras-chave


Consciência Histórica; Narrativa Histórica; Aula Oficina.

Texto completo:

PDF

Referências


AZAMBUJA, L. Jovens alunos e aprendizagem histórica: perspectivas a partir da canção popular. 2013. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2013.

BARCA, I. Aula Oficina: do Projeto à Avaliação. In. BARCA, I. Para uma educação de qualidade: Atas da Quarta Jornada de Educação Histórica. Centro de Investigação em Educação (CIED) Instituto de Educação e Psicologia, Universidade do Minho. Braga, 2004.

BOURDIEU, P. O poder simbólico. Tradução: Fernando Tomaz. 12 ed. Editora: Bertrand Brasil. Rio de Janeiro/RJ, 2009.

BRITEZ, R. M.; MARQUES, M. C. M. Caracterização Geral. In. MARQUES, M. C. M.; BRITEZ, R. M. História natural e conservação da Ilha do Mel. (Org.). Curitiba: Editora UFPR, 2005.

CERCADILHO, L. [Prefácio] Aprender História: perspectivas da Educação Histórica. In. SCHMIDT, M. A. BARCA, I. Aprender História: perspectivas da educação histórica. Editora: Unijuí. Ijuí, 2009. CHOAY, F. A alegoria do patrimônio. Tradução: Luciano Vieira Machado. 3 ed. Estação Liberdade: UNESP, São Paulo, 2006.

MAGALHÃES, L. H. et al. Educação Patrimonial: da teoria à prática. Editora: Unifil. Londrina/PR, 2009.

EHLKE, T. G. Patrimônio Imaterial e Educação Histórica. Setor de Educação– DTPEN – Departamento de Teoria e Prática de Ensino. 2008. Disponível em: www.diaadiaeducacao.pr.gov.br. Acesso em: 18 de Setembro de 2008.

FERREIRA, F. N. Paisagens de Praia: o litoral como patrimônio (Rio Grande, XIXXX). In. SCHIAVON, C. G. B. Anais eletrônicos do I Seminário de História e Patrimônio: diálogos e perspectivas. EdiFURG, Rio Grande/RS, 2011. p. 549-569.

FRONZA, M. A intersubjetividade e a verdade na aprendizagem histórica de jovens estudantes a partir das histórias em quadrinhos. 2012. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2012.

GEVAERD, R. T. F. Narrar: uma maneira de aprender História na sala de aula. In. SCHMIDT, M. A. BARCA, I. Aprender História: perspectivas da educação histórica. Editora: Unijuí. Ijuí, 2009.

LE GOFF, J. (1924). História e Memória. Tradução: Bernardo Leitão, et al. 5 ed. Editora da Unicamp. Campinas/SP, 2003.

LEE, P. “Nós fabricamos carros e eles tinham que andar a pé”: compreensão das pessoas do passado. In. BARCA, I. (org.). Educação histórica e museus. CIED, Universidade do Minho. Braga, 2003.

LEE, P. Progressão da compreensão dos alunos em História. In. BARCA, I. Perspectivas em educação histórica. Uminho. Braga, 2001.

LÉVI-STRAUSS, L. Patrimônio Imaterial e Diversidade Cultural: O Novo Decreto para a Proteção dos Bens Imateriais. In. IPHAN. Patrimônio Imaterial: O Registro do Patrimônio Imaterial. Brasília. 4 ed., 2006.

MAGALHÃES, L. H. et al. Educação Patrimonial: da teoria à prática. Editora: Unifil. Londrina/PR, 2009.

NAKOU, I. (2001), apud PINTO, H. O triângulo patrimônio-museu-escola: que relações com a Educação Histórica? In. SCHMIDT, M. A. BARCA, I. Aprender História: perspectivas da educação histórica. Editora: Unijuí. Ijuí, 2009.

NASCIMENTO, E. C. Educação Patrimonial: perspectivas da educação histórica. Ed. Do Autor, Matinhos/PR, 2013.

NASCIMENTO, E. C. História, Patrimônio e Educação Escolar: diálogos e perspectivas. Anais do XXVI Simpósio Nacional de História. São Paulo/SP, 2011.

ORIÁ, R. Memória e ensino de história. In. BITTENCOURT, C. (org.). O saber histórico em sala de aula. São Paulo: Contexto, 1997.

PINTO, H. O triângulo patrimônio-museu-escola: que relações com a Educação Histórica? In. SCHMIDT, M. A. BARCA, I. Aprender História: perspectivas da educação histórica. Editora: Unijuí. Ijuí, 2009.

RÜSEN, J. Razão histórica: teoria da história: os fundamentos da ciência histórica. Tradução de Estevão de Rezende Martins, Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2001.

SOUZA, É. . de. O que o cinema pode ensinar sobre a história? Ideias de jovens alunos sobre a relação entre filmes e aprendizagem histórica. História & Ensino, Londrina, v. 16, n. 1, p. 25-39, 2010.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2238-3018.2015v21n1p253

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Hist. Ensino
E-Issn: 2238-3018
DOI10.5433/2238-3018
E-mail: labhis@uel.br