PIBID e formação docente em história: possibilidades e contribuições

Ordália Cristina Gonçalves Araújo

Resumo


O objetivo desse artigo é refletir sobre a formação inicial do professor de Historia no âmbito de atuação do PIBID da UEG UnU Jussara. Sendo assim, fizemos um levantamento das atividades desenvolvidas pelos participantes do Programa durante o período de agosto de 2012 a dezembro de 2013 no sentido de verificar a contribuição do PIBID na formação profissional destes. Partimos do pressuposto de que a inserção no PIBID proporcionou aos bolsistas a vivência de experiências formativas relacionadas ao ensino e à pesquisa tanto na academia, quanto na instituição de ensino básico. Para além dessas experiências formativas, participar do PIBID ainda possibilitou aos bolsistas a reflexão e a análise dos limites e das possibilidades da escola pública brasileira em relação aos estudantes da educação básica e também a compreensão da complexidade da profissão docente na atualidade, especificamente do professor de História.

Palavras-chave


Formação de professores; Ensino; Pesquisa

Texto completo:

PDF

Referências


ALARCÃO, I. Professores reflexivos em uma escola reflexiva. São Paulo: Cortez, 2003.

AVANCINI, M. A encruzilhada. In: Revista Educação. Agosto/2011. Disponível em: http://revistaeducacao.uol.com.br/textos/165/a-encruzilhada-234901-1.asp. Acesso: 28 fev.2013.

BRASIL. PIBID. Programa de Iniciação à Docência. Disponível em: http://www.capes.gov.br/educacao-basica/capespibid. Acesso: 28 fev.2013.

BERGMANN, K. A história na reflexão didática. In: Revista Brasileira de História, São Paulo, v. 9 n. 19, pp. 29-42, set. 89/fev. 90.

BITTENCOURT, C. M. F. Usos didáticos de documentos. In: Ensino de História: fundamentos e métodos. São Paulo: Cortez, 2004. p. 327-350. (Coleção Docência em Formação).

CAIMI, F. E. Por que os alunos (não) aprendem História? Reflexões sobre ensino, aprendizagem e formação de professores de História. Tempo, p. 17-32, v. 11, n. 21, jun. 2006.

CAIMI, F. E. Processos de conceituação da ação docente na formação do professor de História. In: SCHMIDT; GARCIA (Org.). Jornadas Internacionais de Educação Histórica: Perspectivas de investigação em educação histórica: atas das VI Jornadas Internacionais de Educação Histórica, Curitiba: Ed. UTFPR, 2007. p. 8- 16.

FENELON, D. R. A formação do profissional de história e a realidade do ensino. In: Tempos Históricos, v. 12, p. 23-35, 2008.

FONSECA, S. G. Didática e prática de ensino de história: experiências, reflexões e aprendizados. Campinas, SP, Papirus, 2003. (Coleção Magistério: Formação e Trabalho Pedagógico).

FONSECA, S. G.; RASSI, M. A. C. Saberes docentes e práticas de ensino de história na escola fundamental e média. SAECULUM: Revista de História, João Pessoa,v. 15, jul./dez., p. 108- 124, 2006.

GOIÁS (ESTADO). Secretaria de Estado da Educação. Reorientação Curricular do 6º ao 9º ano: currículo em debate-Goiás. Goiânia: Poligráfica, 2009. (Cadernos 1, 2, 3 e 5).

LÜDKE, M. et al. O professor e a pesquisa. Campinas, SP: Papirus, 2001.

MEINERZ, C. B. Estágios de docência e PIBID: impactos inimagináveis no campo do Ensino de Históri. Revista Latino-Americana de História, v. 2, n. 6, p. 223-234, ago. 2013. Edição Especial.

MONTEIRO, A. M. Didática da história e teoria da história: produção de conhecimento na formação de professores. In: SANTOS, L. L. C. P. S. (Org.). Convergências e tensões no campo da formação e do trabalho docente. Belo Horizonte: Autêntica, 2010. p. 479-499.

PEREIRA, J. E. D. Formação de professores: pesquisa, representações e poder. 2 ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2006.

PEREIRA, J. E. D.. A pesquisa dos educadores como estratégia para construção de modelos críticos de formação docente. In: PEREIRA, J. E. D.; ZEICHNER, K. M. A. pesquisa na formação e no trabalho docente. Belo Horizonte: Autêntica, 2002. p. 11-42.

PRATS, J. Ensinar História no contexto das Ciências Sociais: princípios básicos. Educar em revista. Especial. Dossiê Educação Histórica. Curitiba: Editora UFPR. 2006, p. 191-218.

SADDI, R. O parafuso da didática da história: o objeto de pesquisa e o campo de investigação de uma didática da história ampliada. Acta Scientiarum: Education, Maringá, v. 34, n. 2, p. 211-220, Jul./Dec. 2012.

SCHMIDT, M. A.; CAINELLI, M. Ensinar história. São Paulo: Scipione, 2004.

SEFFNER, F. Teoria, metodologia e ensino de História. In: GUAZZELLI et. all. Questões de teoria e metodologia da história. Porto Alegre: Ed. Universidade/ UFRGS. 2000, p. 257-288.

URBAN, A. Cl. A Didática da História nos cursos de Formação de Professores. In: SCHMIDT; GARCIA (Org.). Jornadas Internacionais de Educação Histórica: Perspectivas de investigação em educação histórica: atas das VI Jornadas Internacionais de Educação Histórica, Curitiba: Ed. UTFPR, 2007. p. 3-7.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2238-3018.2014v20n1p101

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Hist. Ensino
E-Issn: 2238-3018
DOI10.5433/2238-3018
E-mail: labhis@uel.br