Cultura afro-brasileira: um olhar docente da educação básica de Cruz Alta

Vânia Oliveira Freitas, Aristeu Castilhos da Rocha

Resumo


O Projeto de Pesquisa intitulado História e Cultura Afro-brasileira – Lei 10.639/2003: como um caminho no processo de formação docente, tem por finalidade trazer alguns apontamentos sobre a inclusão do ensino da cultura afro-brasileira no currículo do sistema educacional e sua inserção nas práticas desenvolvidas em sala de aula. Foi apresentado ao Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica - PIBIC da Universidade de Cruz Alta e busca como objetivo central oportunizar a produção de saberes, a formação de professores e a promoção de atividades no campo das relações étnico-raciais. Analisamos questões a partir das perspectivas da atuação dos docentes em sala de aula, bem como os eventuais desafios que se colocam, nos últimos anos para os educadores ao ministrar esta disciplina ainda “nova” no currículo escolar. Chamamos atenção para este amplo e fértil campo de pesquisa, além de apontarmos as inquietações sobre esta realidade.

 


Palavras-chave


Etnia. Processo; Pedagogia; Professor; Descendente

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Orientações e Ações para Educação das Relações Étnico-raciais. Brasília: MEC/SECAD, 2010.

BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais. Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC/SEF, 1997.

BRASIL. Secretaria da Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão. Brasília: MEC /SECAD, 2006.

GOMES, F. dos S. Sonhando com a terra, construindo a cidadania. In: PINSKY, J.; PINSKY, C. B. (Org.). História da Cidadania. São Paulo: Contexto, 2003, p.447-467.

GOMES, M. P. Antropologia. São Paulo: Contexto, 2011.

HERNANDEZ, L. L. A África na sala de aula. Visita à História Contemporânea. São Paulo: Selo Negro, 2005.

LARAIA, R. de B. Cultura: um conceito antropológico. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2005.

MATTOS, R. A. História e Cultura afro-brasileira. São Paulo: Contexto/UNESCO, 2007.

OLIVEIRA, S. L. de. Metodologia Científica Aplicada ao Direito. São Paulo: Thomson, 2002.

QUEIROZ, L. R. S. Pesquisa quantitativa e pesquisa qualitativa: Perspectivas para o campo da etnomusicologia. Claves. n. 2, p.87-98. 2006.

QUEVEDO, J. História e Cultura: Contexto Lei 10.639/03. Palestra realizada na VI Semana da Consciência Negra. Cruz Alta: UNICRUZ, 16 a 19/11/2010.

ROCHA, A. C.; CAMARGO, M. A. S. A História da África e da Cultura afrobrasileira no cotidiano educacional: reflexões sobre um legado histórico-cultural. In: SOUZA, A. E. (Org.). Educação, Sociedade e Cultura: reflexões interdisciplinares. Curitiba: CRV. p.113 – 123. 2011.

ROCHA, A. C.; CAMARGO, M. A. S. Desafios para o ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena. Jornada Nacional da Educação Santa Maria: Unifra. p.01-09.

RIBEIRO, C. M. C.; OLIVEIRA, L. Fl de. Uma outra lógica é possível? Linguagem matemática e culturas Africanas nos anos iniciais. In: FERRAZ, M. C. de Oliveira Reis et al (Org.). Escola, Culturas e Diferenças: Experiências e desafios na Educação Básica. Rio de Janeiro: Imperial Novo Milênio, 2011. p. 89-108

SERRANO, C.; WALDMAN, M. Memória D’África. A temática africana em sala de aula. São Paulo: Cortez, 2007.

SILVA, K. V.; SILVA, H. M. Dicionário de conceitos históricos. São Paulo: Contexto, 2005.

TRIVIÑOS, A. N. S. Introdução à Pesquisa em Ciências Sociais: a pesquisa qualitativa em educação: o positivismo, a fenomenologia e marxismo. Volume Único. São Paulo: Atlas, 1987.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2238-3018.2014v20n2p87

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Hist. Ensino
E-Issn: 2238-3018
DOI10.5433/2238-3018
E-mail: labhis@uel.br