Formação geral: Bildung na Alemanha

Sylvia Ewel Lenz

Resumo


Apresento quadro geral sobre a educação e formação profissional alemã que, além do compromisso pelo bem comum, justificam o alto nível de seus trabalhadores e qualidade de produtos, tanto materiais quanto imateriais. Também enfatizo a quantidade e a variedade de universidades com vínculos na iniciativa privada, na pesquisa e intercâmbio acadêmico em nível doutorado e pós-doutorado, pois a dissertação ou estágio são exigências da graduação.  Ressalto a reflexão teórica com a aplicação prática na formação de técnicos altamente qualificados, uma tradição que remonta às corporações de ofício no medievo.  Também menciono a importância do patrimônio cultural na educação não formal que implica no hábito de frequentar museus, exposições e concertos.  Por fim, abordo o zelo pela preservação da memória, as invenções e a disseminação do saber em vários formatos: impressos, sonoros, visuais e digitais.  


Palavras-chave


Bildung; Disseminação; Capacitação; Profissionalização

Texto completo:

PDF

Referências


BANDEIRA, M. Do ideal socialista ao socialismo real. A reunificação da Alemanha. São Paulo: Ensaio. 1992.

BÖSCH, B. (Org.). Historia da Literatura Alemã. São Paulo; EDUSP, 1967.

CAPDEVILLE, G. Os sistemas escolares alemão, inglês e francês e a formação de seus profissionais. Aberto, Brasília, ano 14, n. 64, out/dez 1994.

COLLINSON, P. A Reforma. Rio de Janeiro: Objetiva, 2006.

DUPEUX, L. Historia Cultural da Alemanha. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1992.

FÜHR, C. Deutsches Bildungswesen seit 1945. Bonn: Inter Nationen, 1996.

GADAMER, H-G. O problema da consciência histórica. Rio de Janeiro: Ed.FGV, 1998.

HINZEN, H. Educação de adultos na educação ao longo da vida: desenvolvimentos atuais e interdependentes na Alemanha e na Europa, a caminho da VI CONFIFEA. Revista Brasileira de Educação, vo. 14, n. 41, Rio de Janeiro, Maio-Agosto, 2009.

IVORY, M. Guia de Viagem - Alemanha 9 ed. São Paulo: Abril Cultural, 2008

LENZ, S. E. Alemães no Rio de Janeiro (1815-1866). Bauru, SP: EDUSC, 2008.

MAN, J. A revolução de Gutenberg. Rio de Janeiro: Ediouro, 2004. PAHLEN, K. História Universal da Música. São Paulo, Ed. Melhoramentos, 1963.

RECKER, M-L. Geschichte der Bundesrepublik Deutschland. München: Beck, 2002.

SOMMER, T. (Org.). Leben in Deutschland. Köln: Kipenheuer Witsch, 2004.

VIZENTINI, P. As Guerras Mundiais (1914-1945). Porto Alegre: Leitura XXI, 2003




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2238-3018.2012v18n2p249

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Hist. Ensino
E-Issn: 2238-3018
DOI10.5433/2238-3018
E-mail: labhis@uel.br