A constituição das indústrias Klabin de papel e celulose S/A

Nilva Giane Trajano

Resumo


O presente artigo visa fazer uma análise do processo de funcionamento de uma unidade fabril, no que diz respeito à obtenção de matéria-prima, envolvendo uma trama de relações econômicas e tecnológicas com pequenos proprietários rurais.


Palavras-chave


História; Economia; Produtores rurais; Indústria; Sistema produtivo.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, J. P. A extinção do Arco-íris: Ecologia e História. Campinas: Papirus, 1988.

ANTONACCI, M. A. M. A Vitória da Razão? O IDORT e a sociedade paulista. São Paulo: Marco Zero, 1992.

DECCA, E. O nascimento das fábricas. São Paulo: Brasiliense, 1982.

DEAN, W. A industrialização de São Paulo. São Paulo: Difel, 1981.

FERNANDES, H. V. Monte Alegre, Cidade de Papel. Curitiba: Klabin, 1974.

GRAZIANO DA SILVA, J. Progresso técnico e relações de trabalho na agricultura. São Paulo: Hucitec, 1981.

RElCHELL, H. J. O surgimento de uma grande empresa no parque industrial gaúcho. O caso das indústrias Renner. História e Perspectiva, Uberlândia, v.6, Jan./Jun. 1992.

PALADINO, G. G. Papel, técnica e capital. 1985. Dissertação (Mestrado) - CEDEPLAR, Curitiba, 1985.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2238-3018.1996v2n0p129

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Hist. Ensino
E-Issn: 2238-3018
DOI10.5433/2238-3018
E-mail: labhis@uel.br