Estado moderno, democracia e ecologia

Jozimar Paes de Almeida

Resumo


Apresento neste artigo uma abordagem sobre o surgimento da questão ecológica no seio da crise do Estado Moderno.


Palavras-chave


História contemporânea; História ambiental.

Texto completo:

PDF

Referências


ARENDT, H. Da Revolução. Tradução de Fernando Dídirno Vieira. São Paulo: UNB! Ática, 1988

BERMAN, M. Tudo que é Sólido Desmancha no Ar. São Paulo: Cia das Letras, 1987

DUMONT, R. Um Mundo Intoleráve. Tradução de Edison Darci Heldt. Rio de Janeiro: Ed. Revan, 1989.

LUXEMBURGO, R. Reforma Social ou Revolução ? São Paulo: Ed. Global, 1 986.

VIRILlO, P; LOTRINGER, S. G. P. Traduação de Elza Miné e Laymert Garcia dos Santos. São Paulo: Brasiliense, 1984.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2238-3018.1996v2n0p93

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Hist. Ensino
E-Issn: 2238-3018
DOI10.5433/2238-3018
E-mail: labhis@uel.br