Coronelismo e contextos históricos

Isnara Pereira Ivo

Resumo


O artigo analisa os principais estudos sobre o coronelismo mostrando como os historiadores têm definido a incursão do poder privado nas instituições públicas. Também discute as interpretações desse fenômeno no interior da Bahia, especificamente, as pesquisas sobre a Região Cacaueira, a Chapada Diamantina, o Baixo-Médio São Francisco e o Planalto de Conquista.


Palavras-chave


Coronelismo; Poder público; Poder privado.

Texto completo:

PDF

Referências


BLONDEL, J. As condições da vida política no estado da Paraíba. Rio de ]aneiro: Fundação Getúlio Vargas, 1957.

BURSZTYN, M. O poder dos donos: planejamento e clientelismo no nordeste. 2. ed. Petrópolis: Vozes, 1985.

FALCÓN, U. Os coronéis do cacau. Salvador: Ianamá; UFBA, 1995.

FAORO, R. Os donos do poder: formação do Patronato político brasileiro. 10. ed. São Paulo: Globo , 1996.

IVO, I. P. A Tragédia Tamanduá: um estudo de caso denwlldwi: um estudo de caso de puder local e de poder local e de mandonismo no sertão da Bahia (1840-1895). 1998. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 1998.

JANOTTl, M. L. M. O coronelismo: uma política de compromissos. São Paulo: Brasiliense, 1981 (Coleção Tudo é História)

LEAL, V. N. Coronelismo, enxada e voto: o município e o regime representativo no Brasil. 2. ed. São Paulo: Alfa Ômega, 1975.

LEAL, V. N. O coronelismo e o coronolismo de cada um. Dados: Revista de Ciências Sociais, Rio de Janeiro, v. 23, n. 1, p. 11-14, 1980.

MELLO, M. A. G. História política do baixo médio São Francisco. 1989. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) – Universidade Federal da Bahia, Salvador, 1989.

MORAES, W. Jaunços e horóis: a civilização do diamante nas Lavras da Bahia. 2. ed. Salvador: Edições GRD, 1973.

PANG, Eul-Soo. Coronelismo e oligarquias. 1889-1934: a Bahia na Primeira República Brasileira. 1979. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1979.

QUEIROZ, M. I. P. O Coronelismo numa interpretação sociológica. São Paulo: Alfa Ômega, 1976b.

QUEIROZ, M. I. P. O mandonismo loca na vida política brasileira. São Paulo Alfa Ômega, 1976ª.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2238-3018.2001v7n0p61

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Hist. Ensino
E-Issn: 2238-3018
DOI10.5433/2238-3018
E-mail: labhis@uel.br