Ler, ouvir e ver. A revolução documental na pesquisa histórica: uma abordagem das formas da construção da história

William Reis Meirelles

Resumo


O artigo apresenta uma reflexão sobre a revolução documental na pesquisa histórica.


Palavras-chave


Documento histórico; Construção da história.

Texto completo:

PDF

Referências


LE GOFF, Jacques. História e Memória. Campinas: Unicamp,1990.

CHESNAUX, Jean. Devemos fazer tabula rasa do passado? São Paulo: Ática, 1995.

LE GOFF, Jacques; NORA, Pierre. História: novos problemas, 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1979.

TOPOLSKY, Jerzy. Metodologia de la história. Madrid: Cátedra, 1982.

WILLIAMS, Raymond. Cultura. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1992.

DOSSE, François. História em Migalhas. Campinas: Unicamp, 1992.

DECCA, Edgar S. Memória e Cidadania. In: SÃO PAULO (cidade). Secretaria Municipal de Cultura. Departamento de Patrimônio Histórico. O Direito à Memória: patrimônio histórico e cidadania. São Paulo: DPH, 1992

FERRO, Mare. A manipulação da história no ensino e nos meios de comunicação. São Paulo: IBRASA, 1983.

HOBSBAWM, E. J. Era dos Extremos: o breve século XX: 1914•1991. São Paulo: Cia. das Letras, 1995.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2238-3018.2002v8n0p143

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Hist. Ensino
E-Issn: 2238-3018
DOI10.5433/2238-3018
E-mail: labhis@uel.br