O uso do jornal para trabalhar com a noção de fato e tempo histórico

Rivail Carvalho Rolim

Resumo


Com este artigo estamos propondo uma forma de utilização do jornal impresso para trabalhar com as noções de fato e tempo histórico. Para isso fizemos uma discussão sobre a noção de duração social proposto por Fernand Braudel e, em seguida, demos alguns exemplos com notícias e reportagens de como essa metodologia poderá ser empregada no ensino fundamental e médio.


Palavras-chave


Evento; Conjuntura; Estrutura; Tempo histórico; Período histórico.

Texto completo:

PDF

Referências


AHMAD, Aijaz, Cultura, nacionalismo e o papel dos intelectuais, In: WOOD, Ellen M. ; FOSTER, John B. (Orgs.). Em defesa da história: marxismo e pós-modernismo. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1999. p. 59-73,

BURKE, Peter (Org.). A escrita da história: novas perspectivas. São Paulo: UNESP, 1992.

DARNTON, Robert. Jornalismo: toda notícia que couber, a gente publica. In: DARNTON, Robert. O beijo de Lamourete. São Paulo: Cia das Letras, 1990

DAVIES, Nicholas. Para além dos conteúdos no ensino de história. Niterói: EDUFF, 2000.

FARIA, Maria Alice. O jornal na sala de aula. São Paulo: Contexto, 1992,

GOMES, Angela Maria de Castro. Notas sobre uma experiência de trabalho com fontes: arquivos privados e jornais. RBH, São Paulo, v, 1, n, 2, set.1981.

HOBSBAWM, Eric. Nào basta a história da identidade. In: HOBSBAWM, Eric. Sobre história: ensaios. São Paulo: Cia das Letras. 1998. p. 281-292.

LE GOFF, Jacques. A nova história. São Paulo: Martins Fontes, 1993.

LE GOFF, Jacques. As idades médias de Michelet. In: LE GOFF, Jacques. Para um novo conceito de Idade Média: tempo, trabalho e cultura no ocidente. Lisboa: Editorial Estampa, 1980. p.19-42.

MEERA, Nada. Contra a destruição/desconstrução da ciência: histórias cautelares do terceiro mundo. In: WOOD, Ellen M. ; FOSTER, John B. (Orgs.). Em defesa da história: marxismo e pós-modernismo. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1999. p. 84-106,

OSAKABE, Haquira. Argumentação e discurso político. São Paulo: Kairós, 1979.

ROUANET, Sérgio Paulo. As razões do Iluminismo. São Paulo: Cia das Letras, 1987.

SCHORSKE, Carl E. Pensando com a história: indagações na passagem para o modernismo. São Paulo: Cia das Letras, 2000.

ZICMAN, Renée. História através da imprensa: algumas considerações metodológicas. Projeto História, São Paulo, n. 4, jun. 1985.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2238-3018.2002v8n0p63

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Hist. Ensino
E-Issn: 2238-3018
DOI10.5433/2238-3018
E-mail: labhis@uel.br