Projeto pedagógico dos parâmetros curriculares nacionais: identidade nacional e consciência histórica

Ernesta Zamboni

Resumo


Este artigo tem como objetivo trabalhar construção da identidade nacional e a consciência histórica como referenciais do projeto pedagógico contido nos parâmetros políticos e culturais apontados pela Cultural Política e Histórica. O termo cultura política começou a ser usado na América Latina no final da década de 80, no período da transição política entre a ditadura e os “atuais democráticos”. Pesquisei nos atuais Parâmetros Curriculares Nacionais o conceito de Identidade Nacional com o objetivo de analisar como foi pensado o processo de formação de uma consciência histórica.


Palavras-chave


História; Projeto pedagógico; Parâmetros curriculares.

Texto completo:

PDF

Referências


RALAKRISHNAN, G. (org.). Um mapa da questão nacional. Rio de Janeiro: Contraponto,2000.

CAPELATIO, M. H. Multidões em cena. Campinas: Papiros, 1999.

CHARTIER, R. A história cultural entre práticas e representações. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1990

CERRI, L. F. Uma escola do Brasil: o trabalho educativo das imagens da nação no "milagre brasileiro" (1969-1973) e na comemoração dos 500 anos do descobrimento (1998-2000). In: SCHMIDT, M. A.; CAINELLI, M. R. (org.). Encontro de Pesquisadores em Ensino de História. Curitiba: Aos quatro ventos, 1999, p. 453-470.

DIAS, M. F. S. invenção da América na Cultura Escolar. 1997. Tese (Doutorado) – Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1997.

HERRERA, M.C.; DÍAZ, C.J. (Comps.) Educación y Cultura política: una mirada multidisciplinaria. Bogotá: Plaza & Janes Editores, 2001

KÜNZLE, M. R. C. O ensino de história e o conceito de nação: um instrumento de pesquisa. 2003. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2003.

MATOS, O. Construção e desaparecimento do herói: uma questão de identidade nacional. Revista de Sociologia da USP- Tempo Social, v. 6, n. 12, p.83-90, jul. 1995.

NADAI, E. O ensino de História no Brasil: trajetórias e perspectivas. Revista Brasileira de História, São Paulo, n. 25/26, p.143-162, ago. 93.

RYAN, M. A parada norte-americana: representações sociais do século XIX. In: In: HUNT, Lynn. A nova história cultural. São Paulo: Martins Fontes, 1992.

RÜSEN, J Razão Histórica. Brasília. Ed. Universidade de Brasília, 2001

PÉREZ SILLER, J.; RADKAU GARCIA, V. (Coords.). Identidad en el imaginario nacional. Reescritura y enseñanza de la historia. México: Instituto de Ciencias, 1998.

SIMAN, L. M. C. F.; LIMA, T. N. Inaugurando a História e construindo a nação. Belo Horizonte: Autentica, 2001

ZAMBONI, E. Orientações Metodológicas no currículo e na docência do ensino de história no Brasil. Ágora, Santa Cruz do Sul: v. 4, jan./dez., p.7-22, 1999.

ZAMBONI, E. Identidade Nacional e consciência histórica. In: ENCUENTRO INTERNACINAL DE INVESTIGADORES DE LA RED - EDUCACIÓN, Cultura y Política em América Latina. Argentina, 2000.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2238-3018.2003v9n0p97

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Hist. Ensino
E-Issn: 2238-3018
DOI10.5433/2238-3018
E-mail: labhis@uel.br