Avaliação e novas perspectivas de aprendizagem em história

Marisa Noda

Resumo


Pretende-se discutir neste artigo os tipos de avaliação para a disciplina de História do Ensino Fundamental e Médio. A avaliação é entendida como parte do processo, em que os alunos construem seu próprio conhecimento histórico, a partir de procedimentos desenvolvidos pelo professor em sala de aula. Ponto que também merecerá atenção é o significado do planejamento para que uma avaliação comprometida com a aprendizagem se realize.


Palavras-chave


Planejamento; Avaliação; Metodologias do ensino de história e aprendizagem em história.

Texto completo:

PDF

Referências


ARENDT, H. Entre o Passado e o futuro. São Paulo: Perspectivas. 1972.

CARDOSO, O. P. Representações dos professores sobre saber histórico escolar. História & Ensino, Londrina, v. 10, p. 53-63, 2004.

FONSECA, S. G. Didática e Prática de Ensino de História. Campinas: Papirus, 2003.

MONTEIRO, M. C. Didáctica da História teorização e prática: algumas reflexões. Lisboa: Plátano, 2001.

PROENÇA, M. C. Didáctica da História. Braga: Universidade do Minho,1992.

SCHMIDT, M. A.; GARCIA, T. B. O trabalho histórico em sala de aula. História & Ensino, Londrina, v.9, p. 223-241, 2003.

SCHMIDT, M. A.; CAINELLI, M. R. Ensinar História. São Paulo: Scipione, 2004.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2238-3018.2005v11n0p143

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Hist. Ensino
E-Issn: 2238-3018
DOI10.5433/2238-3018
E-mail: labhis@uel.br