Por uma leitura crítica da linguagem publicitária em sala de aula

Márcia Elisa Teté Ramos

Resumo


O presente artigo propõe a discussão da função pedagógica da cultura midiática nas sociedades modernas. Sugere a pesquisadores, professores e estudantes a urgente necessidade de transformar a mídia em objeto de estudo no âmbito das práticas pedagógicas escolares, focalizando principalmente a publicidade no ensino de História.


Palavras-chave


Cultura midiática; Ensino de história; Publicidade.

Texto completo:

PDF

Referências


SOUZA, R. F. Inovação educacional no século XIX: a construção do currículo da escola primária no Brasil. Cadernos Cedes, v, 21, p. 9-28, 2000.

BAUDRILLARD, J. Osistema dos objetos. 4 ed. São Paulo: Perspectiva, 2000.

CAMPOS, C. C. G. Infância, mídia e cultura do consumo. In: GONDRA,]. G. (org.) História, infância eescolarização. Rio de Janeiro: Zahar: 7 letras, 2002.

CANCLINI, N. G. Consumidores e cidadãos:conflitos multiculturais da globalização. 4. ed. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 200l.

CARLSON, D.; APPLE, M. Teoria educacional crítica em tempos incertos. In: HYPOLITO, Á. M.; GANDIN, L. A. (orgs.) Educação em tempos de incertezas. 2ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2003.

CHARLOT, B. Relação com osaber, formação dosprofessores eglobalização. Questões para a educação hoje. Porto Alegre: Artmed, 2005.

CHARTIER, Roger. Omundo como representação. EstudosAvançados, v. 5, n.11, p.173¬ 191, jan./abr.1991.

CURRAN,J. Meaning geme and contexte: the problematic ofpublic knowledge in the new aundience studies. In: CURRAN,].; GUREVITCHI, M. (org.) Mass media and society. Londres: Edward Arnold, 1991

ELLSWORTH, E. Modos de endereçamento: uma coisa de cinema; uma coisa de educação também. In: SILVA, T. T. (org.) Nuncafomos humanos: nos rastros do sujeito. Belo Horizonte: Autêntica, 2001.

FERRAZ, E C. A. Uma agenda alternativa para o debate sobre o uso escolar das fontes históricas. In: SCHIMIDT, M. A.; CAINELLI, M. R. (orgs.) III Encontro: Perspectivas do ensino de História, Curitiba: Aos Quatro Ventos, 1999.

FISCHER, R. M. B. Mídia eprodução de sentidos: a adolescência em discurso. In: SILVA, L. H. (org.) Aescola cidadã no contexto da globalização. 2ed. Petrópolis: Vozes, 1998.

GUIMARÃES, E. V. Consumo: seduções e questões do supermercado cultural. In ZILIOTTO, D. M. O consumidor: objeto da cultura. Petrópolis / Rio de Janeiro: Vozes, 2003.

KELLNER, D. Lendo imagens criticamente: em direção a uma pedagogia pós-moderna. In: SILVA, T. T. (org.) Alienígenas na sala de aula. Uma introdução aos estudos culturais em educação. Petrópolis, RJ: Vozes, 1995.

ÉVY, P. As tecnologias da inteligência. (trad. Carlos Irineu da Costa). Rio de Janeiro: Ed. 34, 1993.

MATOS, H. Apolítica como entretenimento: uma visão do espetáculo midiático. In: BARROS FILHO, C. (org.) Comunicação na polis. Ensaios sobre mídia e política. Petrópolis / Rio de Janeiro: Vozes, 2002.

METZ, C. A Significação no cinema. Tradução de Jean-Claude Bernardet. 2. ed. São Paulo: Perspectiva, 1977.

MOREIRA, A. S. Cultura midiática eeducação infantil. Educação eSociedade, v. 24, n.85, Campinas, dez. 2003.

MUNAKATA, K. Por que Descartes criticou os estudos que realizou Colégio de La Fleche, mesmo admitindo que era "uma das mais célebres escolas da Europa"? In: TABORADA DE OLIVEIRA, M. A.; RANZI, S. M. F. (Corg.) História das disciplinas escolares no Brasil: contribuições para o debate. Bragança Paulista: EDUSF, 2003.

PAULA, S. Estudos culturais e receptor ativo. In Produção e recejJção dos sentidos mididticos. In RUBIM, A. A. C.; BENTZ, M. G. (orgs.) 2. ed. Petrópolis, RJ :Vozes, 1998.

PEREIRA, R. M. R. Tudo ao mesmo tempo agora: considerações sobre a infância no presente. In: GONDRA, J. G. (Org.). História, infância e escolarização. Rio de Janeiro: Zahar: 7 Letras, 2002.

RODRIGUE, J. E. História etn documento. Imagem e texto. 2. ed. São Paulo: FTD, 2002, 4 v.

SCHIMIDT, M. A.; GARCIA, T. B. O trabalho histórico em sala de aula. História e Ensino, v.9, p. 223-241, 2003.

SOUZA, R. E Inovação educacional no século XIX: a construção do currículo da escola primária no Brasil. Cadernos Cedes, v. 21, p. 9-28, 2000.

VLAJKI, E. Democratization ofserbs. Canadá: Revolt, 2001.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2238-3018.2005v11n0p97

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Hist. Ensino
E-Issn: 2238-3018
DOI10.5433/2238-3018
E-mail: labhis@uel.br