Garantindo o bom governo do rei: a construção de bases teóricas e simbólicas para urna governabilidade eficaz no estado moderno - uma proposta de oficina em sala de aula

Marcello José Gomes Loureiro

Resumo


Este artigo propõe um roteiro de aula sobre o Estado Absoluto, em que se privilegiam as negociações do poder central com os locais. Por meio da leitura de fragmentos de textos das obras de Hobbes e Bossuete, sobretudo, de análise iconográfica, evidenciam-se as dinâmicas e tentativas de legitimação do poder régio.


Palavras-chave


Antigo regime; Iconografia; Governabilidade; Didática.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDERSON, P. Linhagens do Estado Absolutista. Tradução de Suely Bastos e Paulo Henrique Brito. São Paulo, Brasiliense, 1985.

BICALHO, M. F. B. O que significava ser cidadão nos tempos coloniais. In: ABREU, M.; SOIHET, R. (org.). Ensino de História: Conceitos, Temáticas e Metodologia. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2003. p. 139-151.

BICALHO, M. F. B. Conquista, Mercês e Poder Local: a nobreza da terra na América portuguesa e a cultura política do Antigo Regime. Atmanack Brasiliense, n. 2,2005.

BOBBIO, N.A Teoria das Formas de Governo. 10. ed. Tradução de Sérgio Bath. Brasília: UnB, 1997.

BROWN, J. Pintura na Espanha (1500-1700). São Paulo: Cosac & Naify, 2001). Coleção Yale University Press.

CHÁTELET, F. História das idéias Políticas. Tradução de Carlos Nelson Coutinho. Rio de Janeiro Zaha,r 2000.

CHEVALLIER, J. J. As grandes obras políticas de Maquiavel a nossos dias. 8. ed. Tradução ele Lydia Cristina. Rio de Janeiro: Agir, 2001.

ELIAS, N. A Sociedade de corte: investigação sobre a sociologia da realeza e da aristocracia de corte. Rio de Janeiro: Zahar, 2001.

FREITAS, G. 900 textos e documentos de História. Lisboa:Plátano Editorias, 1976.

GOMBRICH,E. A História da Arte. 16. ed. São Paulo: LCT, 2000.

HOBBES, T. Leviatã. São Paulo, Nova Cultural, 1998. Coleção Os Pensadores, v. 1.

KANTOROWIKZ, E. H. Os Dois Corpos do Rei. São Paulo: Cia das Letras, 1998.

LAUDURIE, E. Le Roy: Estado Monárquico. França -1460-1610.. Tradução de Maria Lúcia Machado. São Paulo: Cia. das Letras, 1994.

WOLF, N. Velázquez. Tradução de Maria Eugênia Ribeiro da Fonseca. São Paulo: Taschen, 2000.

XAVIER, Â. B.; HESPANHA, A. M. A representação da sociedade e do poder. In: HESPANHA, A. M. (org). História de Portugal, o Antigo Regime. Lisboa: Editorial Estampa, 1998.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2238-3018.2007v13n0p157

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Hist. Ensino
E-Issn: 2238-3018
DOI10.5433/2238-3018
E-mail: labhis@uel.br