O ensino de história nas séries iniciais do ensino fundamental: a apropriação do livro didático

Susana Barbosa Ribeiro Bernardo

Resumo


O presente artigo objetiva participar do debate acerca do ensino de história, problematizando as práticas e os saberes de docentes e de discentes dos anos iniciais do Ensino Fundamental, a partir das apropriações que estes fazem dos livros didáticos de história. Empreende técnicas da pesquisa etnográfica, perspectivando cotejar os saberes de formação dos docentes e, no campo do ensino da história, os saberes ensinados e os saberes apreendidos.

 


Palavras-chave


Ensino de história; Formação docente; Saberes históricos; Livro didático

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRÉ, M. E. D. A. Etnografia da Prática Escolar. Campinas: Papirus, 1995.

BARCA, I. Concepções de adolescentes sobre múltiplas explicações em História. In: BARCA, I. (Org.). Perspectivas em educação histórica. Portugal: Centro de Estudos em Educação e Psicologia; Universidade do Minho, 2001.

BITTENCOURT, C. Livros didáticos entre textos e imagens. In: BITTENCOURT, C. (Org.) O saber histórico na sala de aula. São Paulo: Contexto, 1997. p.72.

BITTENCOURT, C. Ensino de História: Fundamentos e métodos. São Paulo: Cortez, 2004.

BOURDIEU, P. Compreender. In BOURDIEU, P. (Coord.) A miséria do mundo. Petrópolis, RJ: Vozes, 1997.

CAIMI, F. E. O livro didático: algumas questões. In: DIEHL, A. A. (Org.). O livro didático e o currículo de história em transição. Passo Fundo: EDIUPF, 1999.

CHERVEL, A. História das disciplinas escolares: reflexões sobre um campo de pesquisa. Teoria e Educação, Porto Alegre, n. 2, p.177-229, 1990.

FONSECA, T. N. História e Ensino de História. Belo Horizonte: Autêntica, 2003.

GATTI JÚNIOR, D. A escrita escolar da História: livro didático e ensino no Brasil (1970-1990). Bauru, SP: EDUSC, 2004.

LEE, P. Nós fabricamos carros e eles tinham que andar a pé: compreensão das pessoas do passado. In: BARCA, I. (Org.). Educação histórica e museus. Portugal: Centro de Investigação em Educação; Instituto de Educação e Psicologia; Universidade do Minho, 2003, p. 22.

LEE, P. Progressão da compreensão dos alunos em História. In: BARCA, I. (Org.). Perspectivas em educação histórica. Portugal: Centro de Estudos em Educação e Psicologia; Universidade do Minho, 2001.

NADAI, E. O ensino de história no Brasil: trajetória e perspectivas. Revista Brasileira de História, v. 13, n. 25/26, p. 143-162, set. 92/ago. 93.

PENTEADO, H. D. Metodologia do ensino de história e geografia. São Paulo: Cortez, 1994.

RÜSEN, J. Razão histórica: teoria da História: os fundamentos da ciência histórica. Trad. Estevão de Rezende Martins. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2001.

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. 4. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2002.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2238-3018.2010v16n1p81

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Hist. Ensino
E-Issn: 2238-3018
DOI10.5433/2238-3018
E-mail: labhis@uel.br