Aprendendo a ler, aprendendo a escrever história: o olhar das crianças na produção do conhecimento histórico

Maria Auxiliadora Moreira dos Santos Schmidt, Tânia Maria Figueiredo Braga Garcia

Resumo


Relata resultados de projeto de extensão e de intervenção desenvolvido com crianças de 9-1O anos de idade, que cursam a terceira série do Ensino Fundamental, e professoras que atuam em municípios da Região Metropolitana de Curitiba, Estado do Paraná (Brasil), com o objetivo de discutir e propor alternativas para o ensino da História, disciplina curricular que tem sido enfatizada como aquela que mais propriamente se destina à formação do cidadão. Essa perspectiva pode ser claramente identificada nos textos oficiais de orientação curricular produzidos e divulgados pelo Ministério da Educação brasileiro, em particular nos Parâmetros Curriculares Nacionais, que se constituem em referências para a elaboração de propostas curriculares nos estados e municípios. Mas, se a cidadania política tem encontrado espaço, a idéia de cidadania social que inclui os conceitos de igualdades, de justiça, de diferenças, de lutas e de conquistas, de compromissos e de rupturas ainda é pouco fortalecida nas propostas. O projeto Recriando Histórias volta-se à necessidade de repensar os próprios conteúdos da História escolar de forma a tomar as questões da cidadania como objeto de ensino para crianças e jovens em escolarização, elaborando propostas que articulem a História da Cidade com a perspectiva da formação da consciência histórica, tendo os Direitos Humanos como categoria estruturadora. Nesse projeto, a partir da pesquisa, identificação e análise de documentos em estado de arquivo familiar (Artières), realizada pelos alunos sob a orientação das professoras, estruturam-se atividades por meio das quais as crianças produzem materiais que são incorporados na elaboração de livro didático, revelando o seu olhar sobre elementos da História e contribuindo, por meio de suas narrativas, para a produção do conhecimento a ser ensinado nas aulas de História.


Palavras-chave


Ensino de história; Cidadania; Arquivos familiares; Consciência histórica.

Texto completo:

PDF

Referências


ARTIERES. P. 1 998). Arquivar a própria vida. Estudos Históricos: arquivos pessoais. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, 21, 9-34.

ASHBY, R. (2003). The concept of Historieal Evidence: Currieulum demands and children's understandings. In BARCA, L. (org). Educação Histórica eMuseus. .Actas das 2as.Jomadas Internacionais de Educação Histórica (37-55). Braga: Cied: IEPI Universidade do Minho.

BARCA, I. (2003). Seminário realizado na Universidade. Federal do Paraná. Curitiba (Apontamentos) .

BARCA, I.; GAGO, M. (2004), Usos da narrativa em História. In. MELO, M. C.; LOPES, J. M. (org). Narrativas históricas ellccionais. Recepção e produção para professores e alunos (29-39). Actas. Centro de Investigação em educação. Instituto de Educação e Psicologia. Braga: Universidade do Minho.

COOPER, H. (2002) Didática de la Historia em la educacion infantil e primaria. Ministério de Educacion Cultura y Deporte/Centro de Investigacion Educativa-CIDE/ Ediciones Morata.

FREIRE, P (1987) Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra.

HUSBANDS, C. (2003) What is History teaching? Language, ideas and meaning in {earn~r; about tbe past, Buckingham-Philadelphia: Open University Press.

LEE, P. (2003). "Nós fabricamos carros e eles tinham que andar a pé. Compreensão da vida no passado. ("We're making cars, and they just had to walk": understanding people in tbc past 09-36) In: BARCA, I. (org) ,Educaçâo Histórica emuseus. Actas das 2a5. jornadas internacionais de educação histórica. Braga: Universidade do Minho.

MELO, M.C. (2001) Oconhecimento tácito substantivo histórica dos alunos - no rasto da escravatura, Barca, r. Perspectivas em Educação Histórica, (43-53) Braga: Universidade, do Minho.

OSSANA, E.(1994) Una alternativa en la ensenanza de la Historia: el enfoque desde lo local, lo regional. In: VAZQUES, J. Ensenanza de la Historia, Colección Interamer. Buenos Aires.

PROST, A. (2001) Doce Leciones sobre la Historia. Valencia (ES): Ediciones Frónesis/Catedra lniversitat de Valéncia.

SCIIMIDT, M.A; GARCIA, T.B. (2003) Recriando Historias de Campina Grande do Sul, Prefeitura Municipal de Campina Grande do Sul/Universidade Federal do Paraná.

SCHMIDT, M.A.; GARCIA, T. B. (2005). Bulding historical narratives basedon documents from the family archives: a social experiment with brazilian children. Trabalho apresentado no FIRST CONGRESS - ISCAR , Sevilha, ES, (no prelo).

THOMPSON, E. (1981) Amiséria da teoria: ou um planetário de erros. Uma crítica ao pensamento de Althusser. Rio de Janeiro: Zahar.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2238-3018.2008v14n0p71

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Hist. Ensino
E-Issn: 2238-3018
DOI10.5433/2238-3018
E-mail: labhis@uel.br