Conhecendo a cidade, descobrindo o olhar: uma experiência de educação patrimonial com história e fotografia

Maria das Graças de Andrade Leal

Resumo


Refere-se a um projeto de pesquisa-ação iniciado em 1998, no contexto do Programa Educacional do Liceu. Destinado aos jovens de 14 a 17 anos, teve o objetivo de promover a construção de conhecimentos sobre a história da cidade do Salvador, considerada referencial de identidades, na perspectiva da valorização da vida e de todo o patrimônio que a cerca, como princípio de fortalecimento da participação cidadã nas dimensões individual e coletiva, local e global. Teve como preocupação inicial refletir sobre problemáticas presentes na cidade do Salvador, especialmente nas regiões históricas e em particular no Centro Histórico de Salvador, considerado patrimônio da humanidade, referentes às concepções e fragilidades de políticas públicas sobre a preservação e proteção do patrimônio histórico, artístico, cultural e natural na Bahia. Para isso justapõe o trabalho do historiador e do fotografo.


Palavras-chave


Educação Patrimonial; Cidade; Fotografia.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL, Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs), Temas Transversais – Pluralidade Cultural e Sociocultura brasileira. Secretaria da Educação Fundamental. Brasília: MEC, 1997.

CARNEIRO, N. de P. Da memória à história. Disponível em http://www.webartigos.com/articles/5296/1/da-memoria-ahistoria/pagina1.html. Acesso em 09/abril/2008.

CASCO, A. C. A. Sociedade e educação patrimonial. Revista Eletrônica do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Educação Patrimonial: nº3. Jan/fev. 2006.(www.iphan.gov.br). Disponível em http://www.revista.iphan.gov.br/materia.php?id=131

CHAUÍ, M. Convite à filosofia. 13 ed. São Paulo: Ática. 2005, p. 138.

COSTA, A. C. G. da. Educação Artística, Trabalho e Vida. Modus Faciendi, 1998.

FERNANDES, J. R. O. Educação Patrimonial e Cidadania: uma proposta alternativa para o Ensino de História. Revista Brasileira de História. São Paulo, v. 13, n. 25/26, p. 265-276, set./ago. 1992/1993.

GUIMARÃES, E.; MIRANDA, M. P. de S. A Educação patrimonial como instrumento de preservação. Revista por dentro da história, Ano 1, número 2, agosto 2009. Contagem-Minas Gerais. Disponível em http://novo.contagem.mg.gov.br/arquivos/publicacoes/pordentrodahistoria 02/pdf.

KLINTOWITZ, J. Arte Pública e Identidade. Inovação Empresarial, jan/1998.

LE GOFF, J. História e Memória. 4. Ed. Campinas, S.P.: Ed. Da Unicamp, 1996.

MARIUZZO, P. A construção histórica do patrimônio público in Revista Consciência No. 52 – Março 2004, disponível em http://www.comciencia.br/reportagens/memoria/02.shtml. Acessado em 10/6/2004.

MENESES, U. T. B. A crise da Memória, história e documento In SILVA, Z. L. da (org.). Arquivos, patrimônio e memória: trajetórias e perspectivas. São Paulo: UNESP; FAPESP, 1999. p. 11-29.

MENESES, U. T. B. Fontes visuais, cultura visual, história visual: balanço provisório, propostas cautelares. Revista Brasileira de História. São Paulo, v. 23, n. 45, Jul. 2003.

ORIÁ, R. Memória e Ensino de História. In: BITTENCOURT, Circe (Org.). O Saber Histórico na Sala de Aula. 5 ed. São Paulo: Contexto. 2001




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2238-3018.2011v17n1p123

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Hist. Ensino
E-Issn: 2238-3018
DOI10.5433/2238-3018
E-mail: labhis@uel.br