GEOPROCESSAMENTO APLICADO AO ESTUDO DA VULNERABILIDADE À EROSÃO NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIBEIRÃO DO PÂNTANO NOS MUNICÍPIOS DE SÃO CARLOS, ANALÂNDIA E DESCALVADO (SP)

Yanayne Benetti Barbosa, Reinaldo Lorandi

Resumo


O presente trabalho apresenta um estudo de vulnerabilidade à perda de solo na bacia hidrográfica do ribeirão do Pântano, uma sub-bacia do rio Mogi-Guaçu que engloba parte dos municípios de Analândia, Descalvado e São Carlos, localizados na área central do estado de São Paulo. Para alcançar os objetivos da pesquisa foram geradas cartas de vulnerabilidade à erosão com base nos temas: geomorfologia, geologia, solo, vegetação, uso do solo e clima, elaboradas com auxílio de geoprocessamento. Utilizou-se a abordagem metodológica proposta por Crepani et al. (2001), fundamentada na concepção da Ecodinâmica de Tricart. O conhecimento das áreas vulneráveis à erosão é de fundamental importância para a implementação de futuras medidas de controle preventivo de uso e ocupação do solo na bacia e para a realização de um planejamento ambiental adequado à realidade da área de estudo.


Palavras-chave


Ribeirão do Pântano; Vulnerabilidade; Erosão; SIG; Bacia Hidrográfica.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2447-1747.2012v21n1p103

Direitos autorais 2013 GEOGRAFIA (Londrina)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Locations of visitors to this page

 

Geografia (Londrina)

ISSN: 0102-3888

E-ISSN: 2447-1747 

E-mail: revista.geografia.uel@gmail.com