O sistema nacional de emprego em Londrina: uma análise geográfica do lugar de moradia e o acesso ao emprego

Leandro Henrique da Silva

Resumo


O presente trabalho objetiva realizar uma análise entre o espaço urbano da cidade de Londrina com a pesquisa empírica da classe trabalhadora atendida pelo Sistema Nacional de Emprego. Na espacialização dos dados colhidos através de questionário foi possível verificar a lógica empresarial em selecionar os candidatos a um emprego pelo local em que residem. A distância e a mobilidade restrita são entendidas como condicionantes das atividades e da prática social dos homens. Nesse sentido, a localização das pessoas em bairros periféricos numa cidade média como Londrina, aponta a fenômenos antes visualizados em grandes metrópoles e que, atualmente, configuram-se como estratégias de reprodução do processo de acumulação do capital em escala local. A precarização das atividades dos trabalhadores e sua manutenção como meros reprodutores de força de trabalho estão, em parte, ligada a sua localização no espaço, resultante, muito mais de decisões políticas e de mercado do que, propriamente, de eficiência dos governos locais.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2447-1747.2010v19n3p5

Direitos autorais 2011 GEOGRAFIA (Londrina)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Locations of visitors to this page

 

Geografia (Londrina)

ISSN: 0102-3888

E-ISSN: 2447-1747 

E-mail: revista.geografia.uel@gmail.com