Da educação ambiental à consciência ecológica: horizontes geográficos

Eduardo Marandola Jr, Yoshiya Nakagawara Ferreira

Resumo


A Educação tem papel destacado na grande questão ambiental planetária. É necessário afastá-la da condição de fim e torná-la um meio para que, através de ações, programas e objetivos definidos, possa contribuir para a formação de uma Consciência Ecológica, visando uma vida social sustentável e sadia. Este artigo é uma contribuição à discussão da relação entre Educação e a formação de uma Consciência Ecológica, discutindo os programas e ações delineadas na Agenda 21 e inserindo a Geografia no processo educativo, como disciplina escolar e científica, que pode contribuir para a inclusão da dimensão ética nas ações de Educação Ambiental, um dos caminhos necessários para a transformação das estruturas de pensamento firmadas pela modernidade.

 


Palavras-chave


Educação Ambiental, Consciência Ecológica, Geografia, Ética

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2447-1747.2002v11n2p283

Direitos autorais 2010 GEOGRAFIA (Londrina)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Locations of visitors to this page

 

Geografia (Londrina)

ISSN: 0102-3888

E-ISSN: 2447-1747 

E-mail: revista.geografia.uel@gmail.com