Gerenciamento ambiental em unidade de conservação: bacia hidrográfica como estudo de caso

Flávio Rodrigues do Nascimento, Osires Carvalho

Resumo


As Áreas de Proteção Ambiental (APA’S) são unidades próprias de conservação de importância ecológica como amostra de um cenário ambiental passado em termos de biodiversidade. Tomou-se como estudo de caso a unidade de gestão da Sub-bacia do Baixo Pacoti, no Ceará. De vez que trata da APA do rio homônimo, localizada nesta Bacia Hidrografia, apresenta rico ambiente próprio da junção do rio com o mar. Em rigor essa Bacia está situada na zona costeira cearense, em sua Região Metropolitana, onde a partir das últimas décadas, vem ocorrendo fortes impactos socioeconômicos e ambientais, decorrentes do processo de ocupação do espaço e do uso de recursos naturais. Contudo, foi proposto um novo gerenciamento à ordenação da APA (plano de gestão e zoneamento geoambiental) e para redução dos impactos resultantes da ação antropogênica e também do crescimento populacional.


Palavras-chave


Área de Preservação Ambiental, Bacia Hidrográfica do Rio Pacoti, qualidade ambiental, Desenvolvimento Sustentável

Texto completo:

PDF ()


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2447-1747.2003v12n2p111

Direitos autorais 2010 GEOGRAFIA (Londrina)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Locations of visitors to this page

 

Geografia (Londrina)

ISSN: 0102-3888

E-ISSN: 2447-1747 

E-mail: revista.geografia.uel@gmail.com