Análise dos remanescentes florestais da bacia do ribeirão dos Apertados, a partir de Imagens Landsat

Fernando de Lima Fávaro, Nilza Aparecida Freres Stipp

Resumo


O processo de colonização do norte do Estado do Paraná ocorreu de forma rápida e devastadora, com a retirada de florestas para o estabelecimento de propriedades rurais. Poucos remanescentes florestais restaram. O objetivo do presente estudo foi analisar o estado de conservação de fragmentos florestais específicos, localizados na bacia do ribeirão dos Apertados, através da comparação de imagens orbitais geradas em diferentes épocas pelos satélites Landsat5 e Landsat7.


Palavras-chave


Ribeirão dos Apertados; Fragmentação florestal; Colonização do Paraná; Imagem orbital; Imagens Landsat.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2447-1747.2003v12n2p87

Direitos autorais 2010 GEOGRAFIA (Londrina)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Locations of visitors to this page

 

Geografia (Londrina)

ISSN: 0102-3888

E-ISSN: 2447-1747 

E-mail: revista.geografia.uel@gmail.com