Os camponeses, os agricultores familiares: paradigmas em questão

Munir Jorge Felício

Resumo


O presente texto visa discutir o desenvolvimento da agricultura no capitalismo e entender a importância da agricultura familiar, responsável pelo renascimento dos debates envolvendo desde a problemática ecológica até os impasses da Reforma Agrária. Neste contexto compreender e questionar o processo de formação do campesinato nos últimos vinte anos perguntando quem são os camponeses, quem são os agricultores familiares a partir de dois paradigmas distintos: o paradigma da questão agrária e o paradigma do capitalismo agrário.


Palavras-chave


Campesinato; Desenvolvimento; Camponês; Capitalismo; Agricultor familiar.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2447-1747.2006v15n1p205

Direitos autorais 2010 GEOGRAFIA (Londrina)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Locations of visitors to this page

 

Geografia (Londrina)

ISSN: 0102-3888

E-ISSN: 2447-1747 

E-mail: revista.geografia.uel@gmail.com