Erosão periurbana em Marechal Cândido Rondon-PR: uma abordagem introdutória

Greicy Jhenifer Tiz, José Edézio da Cunha

Resumo


O homem, como ser social, interfere na paisagem criando situações ímpares ao modificar espaços. Visando entender as relações do processo de ocupação das terras e a instalação e evolução de processos erosivos no Oeste paranaense, o presente estudo teve o objetivo de entender como a expansão da malha urbana da cidade de Marechal Cândido Rondon-PR influenciou na formação e evolução de feições erosivas em uma das propriedades agrícolas do perímetro periurbano da cidade. Para atingir os objetivos foram utilizados trabalhos em gabinete e campo que proporcionaram constatar que a construção do Loteamento Augusto na década de 1990 (setor Norte da cidade) e a pavimentação das estradas (PR 491 e BR 163) na segunda metade da década de 1970 e início de 1980 aceleraram processos erosivos no local, devido à impermeabilização e concentração das águas pluviais originadas do loteamento (a montante) através de tubulação pluvial construída subjacente ao asfalto.


Palavras-chave


Erosão; Urbanização; Impermeabilização; Impacto ambiental

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2447-1747.2007v16n1p79

Direitos autorais 2010 GEOGRAFIA (Londrina)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Locations of visitors to this page

 

Geografia (Londrina)

ISSN: 0102-3888

E-ISSN: 2447-1747 

E-mail: revista.geografia.uel@gmail.com