POTENCIALIDADES DO USO DO SENSORIAMENTO REMOTO E DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA (SIGs) NO ENSINO DE HIDROLOGIA: A UTILIZAÇÃO DE UM ESTUDO DE CASO

Alexandra Rodrigues Finotti, Gisele Cemin, Eduardo Périco

Resumo


O uso do sensoriamento remoto e dos Sistemas de Informação Geográfica (SIGs) no estudo do espaço geográfico vem se tornando um forte aliado dos professores que buscam incorporar novos métodos e tecnologias no processo de ensino aprendizagem. A manipulação, representação e visualização de dados da superfície terrestre na forma de mapas, facilitam a compreensão e estimulam o interesse do aluno pelo conteúdo. Neste sentido, este trabalho visa mostrar as potencialidades do uso do sensoriamento remoto e dos SIGs no ensino, especificamente no ensino de hidrologia, utilizando a análise fisiográfica de uma bacia hidrográfica piloto.


Palavras-chave


Sensoriamento remoto; Sistema de informação geográfica; Hidrologia; Ensino

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2447-1747.2011v20n1p51

Direitos autorais 2012 GEOGRAFIA (Londrina)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Locations of visitors to this page

 

Geografia (Londrina)

ISSN: 0102-3888

E-ISSN: 2447-1747 

E-mail: revista.geografia.uel@gmail.com