Uma Cidade para Poucos? Particularidades da produção da moradia para segmentos populares em Imperatriz-MA

Kaio de Moura Silva, Jailson de Macedo Sousa, Beatriz Ribeiro Soares

Resumo


Neste artigo, refletimos sobre as configurações da política habitacional difundida na cidade de Imperatriz, em particular no conjunto habitacional Itamar Guará, que se localiza na porção sul, em uma área periférica da cidade. Objetivou-se entender as relações entre o processo de expansão urbano e a problemática da segregação espacial urbana. Assim, este estudo apresenta como problemática central a questão da moradia e, no interior desta, as políticas habitacionais difundidas por meio do Programa Minha Casa Minha Vida – PMCMV, tendo como particularidade analítica a dinâmica da segregação socioespacial urbana, materializada no conjunto Itamar Guará. Para obtenção de dados foram realizadas entrevistas semiestruturadas com os/as moradores/as, baseadas na observação sistemática. Graves problemas arrolados na realidade do conjunto apontaram para a necessidade da realização de um estudo, a fim de entender os efeitos da política habitacional difundida nesta localidade. Desse modo, notou-se que a segregação socioespacial urbana constitui um dos ingredientes, ou seja, um dos efeitos da política habitacional, expressando-se através da ausência de políticas públicas educacionais, ausência de áreas verdes e ausência do saneamento básico, entre outros problemas.

Palavras-chave


Política habitacional; Segregação espacial urbana; Imperatriz-MA.

Texto completo:

PDF

Referências


ARAÚJO, Luciana. Produção imobiliária e novas dinâmicas de expansão urbana em Cajazeiras (PB). 2017. 328 f. Tese (Doutorado em Geografia) – Faculdade de Geografia, Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2017.

BECKER, Bertha K. Fronteira e urbanização repensadas. In: BECKER, Berta K; MIRANDA, Maria Helena; MACHADO, Lia Osório. Fronteira amazônica: questões sobre a gestão do território. Brasília: Editora da UNB; Rio de Janeiro: Editora da UFRJ, 1990. p. 1-15.

BECKER, Bertha K. Dinâmica urbana na Amazônia. In: DINIZ, Clélio Campolina; LEMOS, Mauro Borges. (Orgs). Economia e Território. Editora da UFMG, 2005a. p. 401-428.

BECKER, Bertha K. A urbe amazônida. A floresta e a cidade. Rio de Janeiro: Garamond, 2013.

BRASIL. Ministério das cidades. Política nacional de habitação. Novembro/2004.

BRANDÃO, Carlos Rodrigues. Prefácio. In: RAMIRES, Júlio Cesar de Lima; PESSÔA, Vera Lúcia Salazar. (Organizadores.). Geografia e pesquisa qualitativa: nas trilhas da investiga-ção. Uberlândia: Assis, 2009. p. 15-21.

CARDOSO, Adauto Lucio (Ed.). O programa Minha Casa Minha Vida e seus efeitos territoriais. Observatório das Metrópoles, Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia, 2013.

CARVALHO, Sheryda Lila de Souza. Autossegregação urbana em Imperatriz/MA: um estudo a partir dos condomínios horizontais do bairro Santa Inês. 207f. Dissertação (Mestrado em Geografia) – Faculdade de Geografia, Universidade Federal do Tocantins, Porto Nacional, 2016.

CASTELLS, Manuel. A questão urbana. Tradução: Arlene Caetano. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2000.

CORRÊA, Roberto Lobato et al. O espaço urbano. Ática, 1989.

CORRÊA, Roberto Lobato et al. Os processos espaciais e a cidade. In: CORRÊA, Roberto Lobato et al. Trajetórias geográficas. 2 edição. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2001. p. 121-143.

CORRÊA, Roberto Lobato et al. Segregação residencial: classes sociais e espaço urbano. In: VASCONCELOS, Pedro de Almeida; CORRÊA, Roberto Lobato; PINTAUDI, Silvana Maria. (Orgs). A cidade contemporânea: segregação espacial. São Paulo: Contexto, 2013. p. 39-59.

CHIZZOTTI, Antonio. A pesquisa qualitativa em ciências humanas e sociais: evolução e desafios. Revista Portuguesa de Educação, 2003.

FUNDAÇÃO JOÃO PINHEIRO. Déficit Habitacional no Brasil. Disponível em: http://fjp.mg.gov.br/index.php/produtos-e-servicos1/2742-deficit-habitacional-no-brasil-3. Acessado em: 7 jan. 2019.

FREY, Klaus; DUARTE, Fábio. Auto-segregação e a gestão das cidades. Ciências Sociais em perspectiva, v. 5, n. 9, p. 109-120, 2006.

GOMES, Cristina. Efeitos da política habitacional no município de Imperatriz - MA: uma avaliação dos avanços e retrocessos do PMCMV no Conjunto Habitacional Itamar Guará I e II. 2016.78 f. Monografia (Graduação em Serviço Social) – Faculdade de Serviço Social. Instituto de Ensino Superior do Sul do Maranhão, Imperatriz/MA, 2016.

HARVEY, David. A justiça social e a cidade. São Paulo: Hucitec, 1980.

IBGE- Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Cidades. Imperatriz- MA. Disponível em: http://www.cidades.ibge.gov.br/xtras/perfil.php?lang=&codmun=210530&search=maranhao|imperatriz Acessado em: 28 out. 2018.

MAIA, C. E. S. Segregação residencial o confronto entre a escola de ecologia humana e o marxismo. Dissertação (Mestrado em Geografia). Departamento de Geografia/UFRJ, 1994.

NEGRI, Silvio Moisés. Segregação Sócio-Espacial: Alguns Conceitos e Análises.Coletâneas do Nosso Tempo. Rondonópolis – MT. V. VII, n°8, p. 129 a 153, 2008.

OLIVEIRA, Helbaneth Macêdo. Verticalização urbana e segregação socioespacial em Imperatriz-MA: uma abordagem a partir dos bairros Jardim Três Poderes e Maranhão Novo. 2017. 204f. Dissertação de mestrado em ciências humanas – Faculdade de Geografia, Universidade Federal do Tocantins, Porto Nacional, 2017.

SANTOS, Milton. A nova urbanização diversificação e complexidade. In: A urbanização brasileira. 2. Ed. São Paulo: Hucitec, 1996.

SANTOS, Milton; SILVEIRA, Maria Laura. O Brasil: território e sociedade no início do século XXI. 15ª edição. Rio de Janeiro: Record, 2011.

SOUSA, Jailson de Macedo. A cidade na região e a região na cidade: a dinâmica socioeconômica de Imperatriz e suas implicações na região Tocantina. Imperatriz: Ética, 2009. 318p.

SOUSA, Jailson de Macedo. Enredos da dinâmica urbano-regional Sulmaranhense: reflexões a partir da centralidade econômica de Açailândia, Balsas e Imperatriz. (Tese de Doutorado). Universidade Federal de Uberlândia/PPGEO/UFU, 2015. 558 p.

SOUSA, Jailson Macedo. Reestruturação urbano-regional amazônica e seus reflexos na produção do espaço urbano de Imperatriz-MA. Cadernos de Geografia, v. 28, n. 52, p. 79-105, 2018a.

SOUSA, Jailson de Macedo; OLIVEIRA, Helbaneth; CARVALHO, Sheryda Lila. (Organizadores). Cidades em cena na Amazônia oriental: agentes, dinâmicas e processos.1a ed. Imperatriz: editora Vieira, 2018b.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2447-1747.2021v30n1p85

Direitos autorais 2021 GEOGRAFIA (Londrina)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Locations of visitors to this page

 

Geografia (Londrina)

ISSN: 0102-3888

E-ISSN: 2447-1747 

E-mail: revista.geografia.uel@gmail.com