PROPOSTA DE ZONEAMENTO AMBIENTAL PARA O MUNICÍPIO DE SÃO JOSÉ DO RIO PARDO-SP

Saulo de Oliveira Folharini

Resumo


Este trabalho teve como objetivo propor um estudo de paisagem da totalidade do Município de São José do Rio Pardo, localizado no interior do estado de São Paulo, sob a perspectiva da Análise Ecodinâmica da Paisagem, fundamentada na Teoria Sistêmica. Dentre as questões motivadoras deste trabalho, tem-se a carência de estudos dessa natureza para a área de pesquisa que possam vir a contribuir para planos de gestão. A metodologia adotada propõe a diferenciação das Unidades Ecodinâmicas da Paisagem de acordo com o balanço pedogênese/morfogênese. Para tanto, foram organizadas os mapas de Geomorfologia, Geologia, Pedologia e elaboradas os mapas de Hierarquia de Drenagem, Hipsométrico, Topográfico, Declividade, Uso e Ocupação das Terras e Zoneamento Ambiental como documentação síntese. A metodologia adotada propõe a delimitação de unidades ambientais que apresentem comportamentos semelhantes quanto ao funcionamento dos processos naturais, tendo sido delimitadas para este trabalho as seguintes unidades: Topos Convexos, Morros com Serras Restritas, Morrotes, Colinas Médias e Planícies Fluviais; e também as áreas Emissoras Transmissoras e Acumuladoras de matéria. As classes de uso da terra foram sobrepostas às unidades sendo então definido o Estado Geodinâmico da Paisagem.


Palavras-chave


Unidades Ecodinâmicas da Paisagem; Planejamento Ambiental; Zoneamento Ambiental; São José do Rio Pardo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2447-1747.2013v22n1p95

Direitos autorais 2014 GEOGRAFIA (Londrina)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Locations of visitors to this page

 

Geografia (Londrina)

ISSN: 0102-3888

E-ISSN: 2447-1747 

E-mail: revista.geografia.uel@gmail.com