A relação entre o rural e o urbano: transformações e dinâmicas na formação espaço-temporal de Canguçu e Horizontina- RS

Elvis Albert Robe Wandscheer, Eder Jardel da Silva Dutra, Luiz Fernando Mazzini Fontoura

Resumo


O presente trabalho aborda as transformações, dinâmicas e interações espaço- temporais ocorridas no estado do Rio Grande do Sul nos municípios de Canguçu e Horizontina. O primeiro está situado no sudeste do estado, já o segundo município na porção noroeste. Ambas as áreas possuem a evolução atrelada ao desenvolvimento da agricultura brasileira, porém de forma diferenciada. A metodologia utilizada foi a análise descritiva com abordagem qualitativa junto à amostra da população das áreas em estudo. A amostra foi aleatória e intencional por abarcar tão somente a população rural dos municípios. Os resultados permitem verificar que embora processos não homogêneos aconteçam no campo, existem aspectos convergentes que interferem diretamente nas formas e relações decorrentes, transformadores do espaço ao longo do tempo, alterando realidades do mundo rural. As novas perspectivas inseridas, quais sejam, trabalho em tempo parcial na agricultura, atividades de serviço ou instalação de pequenas agroindústrias, elucidam iniciativas que apontam para novas especificidades surgidas no âmbito do campo. As mesmas adaptam demandas externas ao rural e apresentam estreitas relações entre o rural e o urbano.


Palavras-chave


Processos de modernização no campo. Dinâmicas rurais-urbanas.Rio Grande do Sul

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2447-1747.2012v21n3p95

Direitos autorais 2013 GEOGRAFIA (Londrina)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Locations of visitors to this page

 

Geografia (Londrina)

ISSN: 0102-3888

E-ISSN: 2447-1747 

E-mail: revista.geografia.uel@gmail.com