ANÁLISE DAS ÁGUAS DOS POÇOS DE ABASTECIMENTO PÚBLICO NA BACIA DO RIO PIRAPÓ ATRAVÉS DOS DIAGRAMAS DE PIPER E STIFF

Glauco Marighella Ferreira da Silva, André Celligoi, José Paulo Peccinini Pinese

Resumo


O presente trabalho teve por finalidade analisar e caracterizar, através dos diagramas de Piper e Stiff, as águas provenientes dos poços de abastecimento público da bacia hidrográfica do rio Pirapó, localizada na região norte do estado do Paraná, que tem em sua área afloramentos da Formação Serra Geral, Formação Adamantina e Formação Santo Anastácio; além de apresentar pequenos depósitos quaternários em sua foz. Na região da bacia, onde residem cerca de 500 mil pessoas, utilizam-se mais de 577 m³/h de água provenientes do Aqüífero Serra Geral, contida nos fraturamentos e falhamentos da Formação Serra Geral. A partir da análise do diagrama de Piper da bacia e da análise espacial do diagrama de Stiff foi possível confirmar a caracterização química das águas como bicarbonatadas cálcicas, com exceção de uma amostra cujo resultado apontou águas cloretadas cálcicas; o que pode demonstrar a interligação do Aqüífero Serra Geral com o Aqüífero Guarani, cujas características são semelhantes em algumas regiões. A análise da tabela de dados confirma o caráter anisotrópico das águas devido à falta de continuidade dos reservatórios e a variação da composição das rochas.


Palavras-chave


Aquífero Serra Geral; rio Pirapó; diagrama de Piper; diagrama de Stiff

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2447-1747.2011v20n1p115

Direitos autorais 2012 GEOGRAFIA (Londrina)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Locations of visitors to this page

 

Geografia (Londrina)

ISSN: 0102-3888

E-ISSN: 2447-1747 

E-mail: revista.geografia.uel@gmail.com