Rubem Braga: os itinerários de um cronista do Rio

Luciano Antonio

Resumo


Pretendemos, neste artigo, refletir sobre a figura de Rubem Braga que além de contribuir para a mudança de fisionomia da crônica é destacado pela crítica como escritor sui generis ao cultivar estilo próprio, conferindo à produção status de texto literário. Para tal, observaremos o modo como se entrecruzam na crônica o homem do Espírito Santo, o jornalista nômade e o escritor lírico.


Palavras-chave


Crônica; Cidade; Rubem Braga

Texto completo:

PDF

Referências


ARRIGUCCI JR, Davi. Enigma e comentário. São Paulo: Polis, 1979.

ARRIGUCCI JR, Davi. Outros achados e perdidos. São Paulo: Companhia das Letras, 1999.

BRAGA, Rubem. 200 Crônicas escolhidas. Rio de Janeiro: Record, 1978.

CANDIDO, Antonio. A vida ao rés-do-chão. In: CANDIDO, Antonio. A crônica: o gênero, sua fixação e suas transformações no Brasil. Campinas: Editora da Unicamp; Rio de Janeiro: Fundação Casa de Rui Barbosa, 1992.

CARVALHO, Marco Antonio. Rubem Braga: um cigano fazendeiro do ar. São Paulo: Globo, 2007.

MOISÉS, Massaud. A criação literária. 10. ed. São Paulo: Cultrix, 1982.

NEVES, Margarida de Souza. Uma escrita do tempo: memória, ordem e progresso nas crônicas cariocas. In: NEVES, Margarida de Souza. A crônica: o gênero, sua fixação e suas transformações no Brasil. Campinas: Editora da Unicamp; Rio de Janeiro: Fundação Casa de Rui Barbosa, 1992.

PORTELLA, Eduardo. Dimensões I. Crítica Literária. Rio de Janeiro: José Olympio, 1958.

PROENÇA FILHO, Domício. Ao leitor. In: BRAGA, Rubem. Aventuras. Rio de Janeiro: Record, 2000.

RONCARI, Luiz. A estampa rotativa da crônica literária. Boletim bibliográfico da Biblioteca Mário de Andrade. v. 46. jan/dez, 1985.

SIMON, Luiz Carlos Santos. Impasses da crônica. In: IV Congresso de Letras, 2007, São Gonçalo. Anais [...]. São Gonçalo: UERJ, 2007.

BRAGA, Rubem. Crônica inacabada. Revista Acadêmica, n. 45, ago, 1939.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.