Versos que tergiversam: Rimbaud e a poesia moderna

Renato Alessandro dos Santos

Resumo


Tudo é precoce em Rimbaud. Do latim, dominado na infância, até o ‘eu é um outro’ na adolescência, o grande poeta francês condensou em poucos anos de trabalho literário uma poesia que continua a confundir o leitor até hoje.


Palavras-chave


Poesia; Poeta visionário; Poesia moderna

Texto completo:

PDF

Referências


BERARDINELLI, Alfonso. Da poesia à prosa. Tradução: Maurício Santana Dias. São Paulo: Cosac Naify, 2007.

CANDIDO, Antonio. As transfusões de Rimbaud. In: LIMA, Carlos. Rimbaud no Brasil. Rio de Janeiro: Universidade do Estado do Rio de Janeiro, 1993.

CHIAMPI, Irlemar. Fundadores da modernidade. São Paulo: Ática, 1991.

FRIEDRICH, Hugo. Estrutura da lírica moderna: da metade do século XIX a meados do século XX. Tradução: Marise M. Curioni e Dora F. da Silva. 2. ed. São Paulo: Duas Cidades, 1991.

KEROUAC, Jack. Rimbaud. In: WILLER, Cláudio et al. Alma beat: ensaios sobre a Geração Beat. Tradução: Albino Poli Jr. Porto Alegre: L&PM Editores, 1984. p. 48-53.

KING, Stephen. O iluminado. Tradução: Betty Ramos Albuquerque. São Paulo: Círculo do livro, 2012.

RIMBAUD, Arthur. Uma temporada no inferno e Iluminações. Tradução, introdução e notas: Lêdo Ivo. 3. ed. Rio de Janeiro: Livraria Francisco Alves Editora, 1985.

RIMBAUD, Arthur. Venus Anadiômene. In: CAMPOS, Augusto. Rimbaud livre. 2. ed. São Paulo: 1993.

RIMBAUD, Arthur. Uma temporada no inferno. Tradução: Paulo Hecker Filho. Porto Alegre: L&PM, 2006.

RIMBAUD, Arthur. Prosa poética. Tradução: Ivo Barroso. 2. ed. Rio de Janeiro: Topbooks, 2007.

RIMBAUD, Arthur. Poesia completa. Tradução: Ivo Barroso. 3. ed. Rio de Janeiro: Topbooks, 2009.

VICENTE, Adalberto Luis. Uma parada selvagem: para ler as Iluminações de Rimbaud. São Paulo: Unesp, 2010.

WHITE, Edmund. Rimbaud: a vida dupla de um rebelde. Tradução: Marcos Bagno. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.