Narrativas de estudantes EAD em blog e apropriação de letramentos digitais

Iracema Cristina Fernandes da Silva, Terezinha Fernandes Martins de Souza

Resumo


Este artigo é um recorte da dissertação intitulada “Letramentos Digitais em Narrativas de Estudantes de Licenciatura em Pedagogia EaD” (SILVA, 2020) e tem como objetivo analisar as memórias de estudantes e narrativas em blog produzidas por estudantes desse curso pelo viés dos letramentos digitais, em uma perspectiva social e abordagem crítica. O estudo foi desenvolvido com inspiração na pesquisa-formação na cibercultura (SANTOS, 2014) e na abordagem multirreferencial (BARBOSA; BARBOSA, 2008), contemplando estudo bibliográfico, estudo documental e análise de conteúdo das memórias e narrativas dos(as) estudantes. Os resultados apontam dificuldades e familiaridades no uso das tecnologias digitais pelos(as) estudantes no início do curso e, no decorrer dele, a mobilização das dimensões funcionais e comunicacionais dos letramentos digitais, bem como as dimensões da autogestão do tempo, autodireção da aprendizagem, dimensão cognitiva, comunicação on-line e social. Ao final do curso, surgiram outros usos com comunicação ubíqua, multimodalidade, fake news, games e avatares. Compreendemos que as mudanças na cultura digital são contínuas e que as apropriações cotidianas com tecnologias digitais pelos(as) estudantes potencializam os letramentos digitais existentes e auxiliam a emergência de outros, desafiando-nos, como docentes, a buscar constantes mudanças nos processos de formação.


Palavras-chave


Cultura Digital; Tecnologias digitais; Letramentos digitais; Narrativas; Educação a distância

Texto completo:

PDF

Referências


BARBOSA, Silvia Maria Costa; BARBOSA, Joaquim Gonçalves. Etnometodologia multirreferencial: contribuições teórico-epistemológicas para a formação do professor-pesquisador. Revista Educação & Linguagem, São Paulo, ano 11, n. 18, p. 238-256, 2008.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 1977.

BENJAMIN, Walter. Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. São Paulo: Brasiliense, 2012. v. 1.

BUZATO, Marcelo El Khouri. Letramento e inclusão: do estado-nação à era das TIC. Delta: Documentação de Estudos em Linguística Teórica e Aplicada, São Paulo, v. 25, n. 1, p. 1-38, 2009. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0102-44502009000100001. Acesso em: 1 jun. 2021.

CERTEAU, Michel de. A invenção do cotidiano: artes de fazer. 3. ed. Petrópolis: Editora Vozes, 1998.

DEMO, Pedro. Praticar ciência: metodologias de conhecimento científico. São Paulo: Saraiva, 2011.

DUDENEY, Gavin; HOCKLY, Nicky; PEGRUM, Mark. Letramentos digitais. Tradução de Marcos Marcionilo. 1. ed. São Paulo: Parábola Editorial, 2016.

JENKINS, Henry. Cultura da convergência. São Paulo: Aleph, 2009.

LEMOS, André; LÉVY, Pierre. O futuro da internet: em direção a uma ciberdemocracia planetária. São Paulo: Paulus, 2010.

MADDALENA, Tania Lucía. Digital storytelling: uma experiência de pesquisa-formação na cibercultura. 2018. Tese (Doutorado em Educação) – Centro de Educação e Humanidades, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2018.

MÜLLER, Ana Cristina Nunes Gomes; CRUZ, Dulce Márcia. Uso de jogos eletrônicos na escola e eventos de letramento: uma proposta de oficinas para docentes do Ensino Fundamental. In: SEMINÁRIO JOGOS ELETRÔNICOS, EDUCAÇÃO E COMUNICAÇÃO – SJEEC, 11., 2015, Salvador. Anais [...]. Salvador: UNEB, 2015.

ROSA, Fernanda Ribeiro. Por um indicador de letramento digital: uma abordagem sobre competências e habilidades em TICs. In: CONGRESSO CONSAD DE GESTÃO PÚBLICA, 6., 2013, Brasília. Anais [...]. Brasília: CONSAD, 2013.

SANTAELLA, Lúcia. Comunicação ubíqua: repercussões na cultura e na educação. São Paulo: Paulus, 2013.

SANTAELLA, Lúcia. Cultura e artes do pós-humano: da cultura das mídias à cibercultura. São Paulo: Paulus, 2003.

SANTAELLA, Lúcia. Matrizes da linguagem e pensamento: sonora, visual e verbal. 3. ed. São Paulo: Iluminuras: FAPESP, 2005.

SANTOS, Edméa Oliveira dos. Ambientes Virtuais de Aprendizagem: por autorias livres, plurais e gratuitas. Revista da FAEEBA – Educação e Contemporaneidade, Salvador, v. 11, n. 18, p. 417-424, jul./dez. 2002.

SANTOS, Edméa Oliveira dos. Pesquisa-formação na cibercultura. Santo Tirso: Whitebooks, 2014.

SILVA, Iracema Cristina Fernandes da. Letramentos digitais em narrativas de estudantes de Licenciatura em Pedagogia EaD. 2020. Dissertação (Mestrado em Educação) – Instituto de Educação, Universidade Federal de Mato Grosso, Cuiabá, 2020.

SOARES, Magda. Letramento: um tema em três gêneros. 3. ed. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2009.

SOARES, Magda. Novas práticas de leitura e escrita: letramento na cibercultura. Educação e Sociedade, Campinas, v. 23, n. 81, p. 143-160, dez. 2002. Disponível em: https://www.scielo.br/j/es/a/zG4cBvLkSZfcZnXfZGLzsXb/abstract/?lang=pt. Acesso em: 6 jul. 2019.

SOUZA, Terezinha Fernandes Martins de. Ondas em ressonância: letramentos digitais de estudantes na Universidade Aberta de Portugal. 2016. Tese (Doutorado em Educação) – Centro de Educação, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2016.

SOUZA, Terezinha Fernandes Martins de; AMANTE, Lucia; CRUZ, Dulce Márcia. Formação de professores na perspectiva dos letramentos/literacies digitais: potencialidades para a educação a distância. In: MACIEL, Cristiano et al. (org.). Educação a Distância: experiências, vivências e realidades. Cuiabá: EdUFMT, 2016.

SOUZA, Terezinha Fernandes Martins de; SILVA, Eli Lopes da; CRUZ, Dulce Márcia. Letramento digital: linguagens como processo de polifonia no ciberespaço. In: SIMPÓSIO HIPERTEXTO E TECNOLOGIAS NA EDUCAÇÃO, 5., 2013, Recife. Anais [...]. Recife: Universidade Federal de Pernambuco, 2013.

STREET, Brian. Letramentos sociais: abordagens críticas do letramento no desenvolvimento, na etnografia e na educação. Tradução de Marcos Bagno. São Paulo: Parábola Editorial, 2014.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO. Projeto do curso: licenciatura em Pedagogia Modalidade a Distância. Cuiabá: EdUFMT, 2012. Disponível em: www.ufmt.br/ingressoead2017/images/uploads/licenciatura/PPC-Pedagogia.pdf. Acesso em: 1 jun. 2021.

VENTURA, Lidnei; CRUZ, Dulce Márcia. Metodologia de narrativas autobiográficas na formação de educadores. Revista Diálogo Educacional, Curitiba, v. 19, n. 60, p. 426-446, jan./mar. 2019.

XAVIER, Antonio Carlos dos Santos. Letramento Digital e Ensino. Livro: Conversas com linguistas: virtudes e controvérsias da linguística (org.) 2. ed. Parábola Editorial. 2005.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1984-7939.2021v6n1p159

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Educação em Análise

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Educação em Análise
Issn: 2448-0320
E-mail: educanalise@uel.br

 

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença 
Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.