A história em cacos: a cultura material Jê pré-colonial: um estudo de caso

Natália Gomes Turchetti

Resumo


A cultura material expressa a relação do indivíduo com sua própria realidade social e cultural. Os objetos são produtos inerentes à condição social e revelam aspectos da história de quem os produziu, possibilitando o redimensionamento do trabalho historiográfico. Assim, o desenvolvimento dessa pesquisa objetivou discutir história indígena a partir dos remanescentes de cultura material, utilizando a interdisciplinaridade como arcabouço teórico-metodológico. Para tanto, por meio de uma abordagem etno-histórica, associamos o estudo dos vestígios materiais resgatados no sítio arqueológico Mato Seco, em São Gonçalo do Abaeté, à referência bibliográfica e análises laboratoriais. Dessa forma, formulamos uma história contada por vestígios cerâmicos da cultura Jê, verticalizando para o entendimento de parte do processo ocupacional em território mineiro. Foi possível, portanto, evocar a memória de sociedades indígenas e compreender o processo de releituras culturais que permearam a constituição identitária brasileira. Desse modo, esse trabalho, a partir de um estudo de caso e da diversificação das fontes, constitui uma etno-história mineira e tenta dar voz àqueles calados por conjunturas omissivas.


Palavras-chave


Etno-história; Interdisciplinaridade; Cultura Material; Identidade.

Texto completo:

PDF

Referências


FAGUNDES, Marcelo et al. Conjuntos líticos de horticultores ceramistas associados à Tradição Aratu-Sapucaí: Estudo de caso dos sítios Mato Seco e Canoas, Médio Vale do São Francisco, Minas Gerais. Revista Tarairiú, Campina Grande, PB, Ano 4, v. 1, n. 9, fev. 2015.

PROUS, André. O Brasil antes dos brasileiros: a pré-história do nosso país. 2. ed. Rio de Janeiro: Zahar, 2006, p.66. Disponível em: https://lelivros.pro/book/download-o-brasil-antes-dos-brasileiros-andre-prous-em-epub-mobi--e-pdf/. Acesso em: 14 jun. 2020.

RIBEIRO, Pedro Augusto Mentz. Manual de introdução à Arqueologia. Porto Alegre: Sulina, 1977.

RODRIGUES, Igor Morais M. Fora das grandes aldeias: a ocupação do recôndito sítio arqueológico Vereda III. 2011. 318 f. Dissertação (Mestrado)-Universidade Federal do Estado de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2011. Disponível em: http://www.bibliotecadigital.ufmg.br/dspace/handle/1843/BUOS-8VGKHP. Acesso em: ago. 2020.

SILVA, Fabíola Andreia. As tecnologias e seus significados. Revista Canindé, Xingó, n. 2, dez. 2002.

TURCHETTI, Natália G. A história em cacos: a cultura material Jê pré-colonial - Sítio Lito-cerâmico Mato Seco, São Gonçalo do Abaeté, Minas Gerais. 2018. 134 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal de São João Del Rei, São João Del Rei, 2018. Disponível em https://www.ufsj.edu.br/portal2-repositorio/File/pghis/DissertacaoNataliaTurchetti.pdf. Acesso em: ago. 2020.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2237-9126.2020v14n27p150

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Domínios da Imagem
Telefone: 55 (43)3328-4589 
E-mail: dominiosdaimagem2@gmail.com
E-ISSN: 2237-9126