Repensando a História da política de cultura de Londrina, a partir de uma Vila Cultural na periferia: a FLAPT! enquanto estudo de caso

Priscila Rosalen Pasetto de Almeida

Resumo


Este artigo teve como objetivo historicizar os processos de concepção das Vilas Culturais, e de maneira mais ampla, da própria implantação da política pública de cultura em Londrina, Paraná, durante os anos de 2002 à 2019. Devido ao envolvimento da pesquisadora com seu objeto de pesquisa, fez-se da Vila Cultural FLAPT! estudo de caso e ponto de partida. Diferentes métodos foram adotados para um olhar mais verticalizado às fontes, que são vivas e plurais - como o da Micro-História, da História Oral e do Presente. Dada a natureza contemporânea do trabalho, surgiram outros questionamentos; a exemplo, a reflexão sobre a função de tal política durante uma pandemia. Dentre os resultados, percebeu-se que é possível encontrar no micro, a Vila, considerações mais generalizantes sobre o percurso histórico da política de cultura na cidade.


Palavras-chave


ONG e Vila Cultural FLAPT!; PROMIC; Micro-História; Práticas Culturais na Cidade; Política Pública de Cultura

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Priscila Rosalen Pasetto de. BATALHA DA CULTURA: O LUGAR DA FLAPT! ENTRE O ESTADO, A POLÍTICA PÚBLICA E A (SO)CI(E)DADE DE LONDRINA. 2019. Dissertação (Mestrado em História Social) – Universidade Estadual de Londrina-PR, 2019.

BITTAR, Jorge; LASSANCE, Antônio. Cultura. In: O modo petista de governar. Governos estaduais: desafios e avanços, 1992, p. 193-208.

BURKE, Peter. Testemunha Ocular. Bauru, SP: EDUSC, 2004.

Batalha do Santa Cruz: O berço do rap. Brasil: Estilo Livre Produções, 2012. Disponível em: . Acesso em: 15 set 2017.

CHAUVEAU, Agnès; TÉTART, Philippe. Questões para a história do presente. Bauru, SP: Edusc,1999.

GINZBURG, Carlo. O nome e o como. In: GINZBURG, Carlo. A micro-história e outros ensaios. Lisboa: Difel, 1989, p. 169-178.

GIBITECA de Londrina. Quem somos. Disponível em:. Acesso em: 29 ago. 2016.

LENIN, Maick Thiago. Cola de Farinha. Brasil: MaicknucleaR, 2011. Disponível em: Acesso em: 15 jun 2017.

MENESES, Ulpiano Toledo Bezerra de. O museu de cidade e a consciência da cidade. In: Museu Histórico Nacional. Rio de Janeiro, 2003.

PIAU, Kennedy Ferreira; MURIEL, Bruna. No caminho dos encantantes: contaminações estéticas com a arte popular. Londrina: Eduel, 2012.

PREFEITURA de Londrina. Vilas Culturais. Disponível em: . Acesso em: 09 nov. 2018.

REVEL, Jacques. Microanálise e construção do social. In: REVEL, Jacques. Jogos de escalas: a experiência da microanálise. Fundação Getúlio Vargas, 1998, p. 15-38.

RUBIM, Albino. Políticas culturais no governo Lula. In: RUBIM, Albino. (Org.) Políticas culturais no governo Lula. Salvador, BA: EDUFBA, 2010, p. 14.

SILVA, Ivete da. Política pública de cultura: uma análise da proposta do município de Londrina para projetos culturais estratégicos e independentes. Maringá. 2014. Dissertação (Mestrado em Políticas Públicas) – Universidade Estadual de Maringá, Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas, 2014.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2237-9126.2021v15n28p264

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Domínios da Imagem
Telefone: 55 (43)3328-4589 
E-mail: dominiosdaimagem2@gmail.com
E-ISSN: 2237-9126