Festas e tradições bolivianas na metrópole: o caso das devoções marianas

Sidney Antonio Silva

Resumo


Este artigo objetiva analisar o processo de recriação cultural dos bolivianos em São Paulo, a partir de suas festas devotas à Virgem Maria, focando a questão da permanência e da mudança nesse processo e os significados que tais práticas adquirem num novo contexto, marcado, às vezes, pelo preconceito de ordem social e étnico-cultural.


Palavras-chave


Bolivianos; Festas devocionais; Preconceito.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, Ubiratan S. Praça Kantuta: um pedacinho da Bolívia em São Paulo. São Paulo, Todas as Musas, 2012.

BARTH, F. Los Grupos étnicos e sus fronteras. México, Fondo de Cultura Económica, 1976.

CANDIA, Antônio P. De la Tradición Paceña. La Paz: Libreria Editorial Popular, Ediciones ISLA, 1982.

COELHO, T. O. Interpretando interação espacial: fixos e fluxos, prerigrinação, migração e ritual na folia de Reis. In Textos escolhidos de Cultura e Arte Populares, v. 8, n. 1, p.179-192, maio 2011.

CORREA, Juliana. A G. A Arte de Festejar: da alternância da festa e de suas pressões materiais. Textos escolhidos de Cultura e Arte Populares, v. 10, n.1, p.183-199, maio 2013.

DUVIGNAUD, Jean. Festas e Civilizações. Fortaleza: Ed. Universidade Federal do Ceará; Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1983.

FERRETTI, Sergio F. Repensando o Sincretismo. São Paulo: Edusp, 1995.

GEERTZ, Clifford. A interpretação das Culturas. Rio de Janeiro: Zahar, 1978.

GLICK-SCHILLER, N. L.; BASCH, L. E BLAN-SZABTON, C. Towards a transnational perspective on migration. Nova York, NY: Academy of Sciences, 1995.

HARVEY, D. A Condição Pós-Moderna. São Paulo: Loyola, 1992.

LAUMONIER, Isabel. Festividade de Nossa Senhora de Copacabana. In Travessia, Revista do Migrante, São Paulo, ano 4, n.11, p.27-36, set./de.z 1991.

MAUSS, M. S. Sociologia e Antropologia. São Paulo: EPU-EDUSP, 1974. v. 1-2

MELLO MORAES FILHO, J. Alexandre. Festas e tradições populares do Brasil. Belo Horizonte: Ed. Itatiaia, 1979.

MONTES, Maria Lúcia. “Patrimônio intangível e manifestações religiosas na cultura popular’” In: BRAGA, Sergio I.G. (Org.) . Cultura popular, patrimônio imaterial e cidades. Manaus: Edua, 2007.

MOURA, M. M. “Devoções marianas na vila e na roça”. Cadernos do CERU, São Paulo, n. 8, 1997. série 2.

RIBEIRO, Darcy. Viva o Povo Brasileiro. A formação e o sentido do Brasil. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

SAYAD, A. A Imigração. São Paulo: Edusp, 1998.

SAHLINS, M. Ilhas de História. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1990.

SAHLINS, M. O “pessimismo sentimental” e a experiência etnográfica: por que a cultura não é um “objeto” em extinção. Mana, v. 3, n. 1, p.41-73, 1997.

SANCHIS, P. Arraial: festa de um povo. As romarias portuguesas. Lisboa: Dom Quixote, 1983.

SILVA, Sidney A. “Bolivianos em São Paulo. Dinâmica cultural e processos identitários” In BAENINGER, R. (0rg.). Imigração Boliviana no Brasil. Campinas, NEPO, 2012.

SILVA, Sidney A. Bolivianos. A presença da cultura Andina. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 2005.

SILVA, Sidney A. VIRGEM/MÃE/TERRA. Festas e tradições bolivianas na metrópole. São Paulo: Hucitec/FAPESP, 2003.

SILVA, Sidney A. “Ser Pasante em São Paulo: prática ritual entre os imigrantes bolivianos.” In SCHARCZ, Lilia. K. M.; GOMES, Nilma, L. (org.). Antropologia e História: debate em região de fronteira. Belo Horizonte: Autêntica, 2000. p. 173-189.

SILVA, Sidney A. Costurando Sonhos. Trajetória de um grupo de imigrantes bolivianos em São Paulo. São Paulo, Ed. Paulinas, 1997.

TINHORÃO, J. R. As Festas no Brasil Colonial. São Paulo: Ed. 34, 2000.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2237-9126.2016v10n18p67

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Domínios da Imagem
Telefone: 55 (43)3328-4589 
E-mail: dominiosdaimagem2@gmail.com
E-ISSN: 2237-9126