A composição visual da marcha mundial das mulheres (Brasil, 2000-2010)

Alexandra Pingret

Resumo


Este artigo tem como objetivo propor algumas reflexões e uma análise interpretativa sobre a Composição Visual da Marcha Mundial das Mulheres, que é um movimento social contemporâneo em forma de rede. Esse movimento construiu uma série de artefatos e materiais que são utilizados em eventos públicos, tanto promovidos pela Marcha como outros, tais como o Fórum Social Mundial. As fontes utilizadas são os próprios artefatos e materiais, todavia, os apresentamos nesse artigo, utilizando como suporte, as fotografias veiculadas nos meios de comunicação. Além da análise interpretativa das fontes, a leitura da bibliografia especializada possibilitou-nos conhecer e refletir sobre parte do contexto de criação e produção dessa composição visual, bem como sobre a utilização e a circulação dessas imagens.


Palavras-chave


Composição visual; Marcha mundial das mulheres; Movimentos sociais.

Texto completo:

PDF

Referências


ARTESANATO CULTURAMIX. Estandates e artesanatos. 2011. Disponível em: . Acesso em: 22 fev. 2012.

BACZKO, Bronislaw. Imaginação social. In: ROMANO, Ruggiero (Org.). Enciclopédia Einaudi. Lisboa: Imprensa Nacional; Casa da Moeda, 1985. p. 296-332.

BIBA RIG. 2010. Disponível em: . Acesso em: 20 fev. 2012

BILHÃO, Isabel. Identidade e trabalho: uma história do operariado porto-alegrense (1898 a 1920). Londrina: EDUEL, 2008.

BURKE, Peter. Testemunha ocular: história e imagem. Bauru: EDUSC, 2004.

JOLY, Martine, Introdução à análise da imagem. Campinas: Papirus, 1996. (Coleção Ofício de Arte e Forma).

JORNAL DA MARCHA DAS MULHERES, n. 2, 2010. Disponível em: . Acesso em: 12 fev. 2012

MARCHA mundial das mulheres. Disponível em: . Acesso em: 21 set. 2011

MENESES, Ulpiano T. Bezerra de. Fontes visuais, cultura visual, história visual: balanço provisório, propostas cautelares. Revista Brasileira de História, São Paulo, v. 23, n. 45, p. 11-36, 2003.

NOBRE, Mirian; FARIA, Nalu. Feminismo em movimento: temas e processos organizativos da marcha Mundial das Mulheres no Fórum Social Mundial. Estudos Feministas, Florianópolis, v. 11, n. 2, p. 360, jul./dez. 2003.

PASTOUREAU, Michel. Dicionário das cores do nosso tempo: simbólica e sociedade. Lisboa: Fina Estampa, 1997.

PINGRET, Alexandra. A marcha mundial das mulheres no contexto dos movimentos sociais e sua construção visual (Brasil, 2000-2010). 2012. Dissertação (Mestrado em História Social) – Universidade Estadual de Londrina, Londrina.

RIDENTI, Marcelo. Cultura e política: os anos 1960-1970 e sua herança. In: FERREIRA, Jorge; DELEGADO, Lucilia de Almeida (Org.). O Brasil republicano: o tempo da ditadura – regime militar e movimentos sociais em fins do século XX. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2007. P. 120-143.

SCHERER-WERREN, Ilse. Das mobilizações às redes de movimentos sociais. Sociedade e Estado, Brasília, v. 21, n. 1, p. 109-130, jan./abr. 2006.

SEMPREVIVA ORGANIZAÇÃO FEMINISTA. Disponível em: . Acesso em: 20 jan. 2012.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2237-9126.2012v6n10p7

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Domínios da Imagem
Telefone: 55 (43)3328-4589 
E-mail: dominiosdaimagem2@gmail.com
E-ISSN: 2237-9126