A fotografia numa pesquisa sobre a história do Carnaval de Salvador

Milton Araújo Moura

Resumo


Abordam-se questões metodológicas acerca da utilização da fotografia como documento numa pesquisa sobre o Carnaval de Salvador. Inicialmente, tomam-se de Le Goff, Kossoy e Mauad algumas pistas de reflexão. Em seguida, desenvolvem-se itens diretamente relacionados à investigação, destacando-se a relatividade da fotografia como documento, entre o registro do momento vivido no passado, a recriação do momento pela lente do fotógrafo e as interpretações possíveis do pesquisador.


Palavras-chave


Fotografia; Carnava; Metodologia; Diversidade.

Texto completo:

PDF

Referências


AGIER, Michel. Anthropologie du carnaval. La ville, la fête et l’Afrique à Bahia. Marseille: Ed. Parenthèse, 2000. 252 p.

DANTAS, Marcelo. Olodum – de bloco afro a holding cultural. Salvador: Grupo Cultural Olodum/Fundação Casa de Jorge Amado. 1994.

FOUCAULT, Michel. Arqueologia do saber. Trad. Luiz Felipe Baeta Neves. Rio de Janeiro: Forense, 2002.

GÓES, Fred de. O país do carnaval elétrico. Salvador : Corrupio, 1982. Coleção Baianada, 4.

GUERREIRO, Goli. A trama dos tambores. A música afro-pop em Salvador. São Paulo: Ed. 34, 2000. Prefácio de José Carlos Capinam. Coleção Todos os Cantos.

KOSSOY, Boris. Realidades e ficções na trama fotográfica. Cotia, São Paulo: Ateliê Editorial, 2002.

KOSSOY, Boris. Os tempos da fotografia. O efêmero e o perpétuo. Cotia, São Paulo: Ateliê Editorial, 2007.

LE GOFF, Jacques. História e Memória. Trad. Bernardo Leitão, 2 ed. Campinas: Editora da Unicamp, 1994.

MILTON ARAÚJO MOURA 120 DOMÍNIOS DA IMAGEM, LONDRINA, V. III, N. 5, P. 109-122, NOVEMBRO 2009

LIMA, Ari. O fenômeno Timbalada: cultura musical afro-pop e juventude baiana negromestiça. In: SANSONE, Lívio & SANTOS, Jocélio Teles. Ritmos em trânsito: sócio-antropologia da música baiana. São Paulo: Dynamis, 1997, p. 161-180.

MAUAD, Ana M. Poses e flagrantes: ensaios sobre história e fotografias. Niterói: EDUFF, 2008. v. 1.

SANTANA, Marilda. As donas e as vozes. Uma interpretação sociológica do sucesso das estrelas-intérpretes no Carnaval de Salvador. (Tese). Ciências Sociais – UFBA, 2007.

VIEIRA FILHO, Raphael Rodrigues. A africanização do carnaval de Salvador, BA: a recriação do espaço carnavalesco (1876-1930). São Paulo, 1995, 228 p. (Dissertação). História/ PUC-SP.

VIEIRA FILHO, Raphael Rodrigues. Folguedos negros no carnaval de Salvador. In: SANSONE, Livio & SANTOS, Jocélio Teles dos. Ritmos em trânsito: sócio-antropologia da música baiana. São Paulo: Dynamis, 1997.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2237-9126.2009v3n5p109

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Domínios da Imagem
Telefone: 55 (43)3328-4589 
E-mail: dominiosdaimagem2@gmail.com
E-ISSN: 2237-9126