Arte, image, guerra: Picasso, Guernica, Brasil.

Francisco Alambert

Resumo


O painel Guernica de Picasso é uma das obras mais vistas e influentes do século XX. Mais do que simplesmente uma obra de arte moderna decisiva, sua imagem marcou o imaginário do século, tornando-se quase uma imagem-símbolo de problemas extra-artísticos como as guerras, a injustiça social, etc. Ao mesmo tempo, sua vinda ao Brasil para a Bienal de 1953, centraliza um debate que já havia se iniciado e que terá consequências fundamentais para a história da arte brasileira: o debate entre figurativos e abstratos. Dos anos 50 até pelo menos os anos 1980, o quadro será elemento de polêmicas e de recontextualizações expressivas no debate artístico e político local, tanto quanto o foi no resto do mundo. Este artigo discute as circunstâncias históricas e os usos que deram à imagem desta obra de Picasso sua força permanente no imaginário social e na cultura artística e política contemporânea.


Palavras-chave


Guernica; Picasso; Imagem

Texto completo:

PDF

Referências


ALAMBERT, F. Arte e mercadoria. In WILLIAMS, R. Palavras-chave. São Paulo: Boitempo, 2007

AMARANTE, Leonor. As Bienais de São Paulo – 1951 a 1987. São Paulo: Projeto, 1989.

ANJOS Jr., Moacir & MORAIS, Jorge Ventura. Picasso ‘visita’ o Recife: a exposição da Escola de Paris em março de 1930. Estud.av, v. 12, n. 34, 1998. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?

ARNHEIN, Rudolf. The Genesis of a Painting: Picasso’s Guernica. Berkeley: University of California Press, 1973.

BARATA, Mário. “Guernica e a influência de Picasso no Brasil”. In Pablo! Pablo! Rio de Janeiro: Fundação Nacional de Arte, 1981. p. 5-6

BARNITZ, Jacqueline. Twentieth-century art of Latin America. Austin, Texas: University of Texas Press, 2001. p. 87.

BASTIDE, R. A pintura e a vida. O Estado de São Paulo, 16 out. 1947. p. 6.

BENTO, Antonio; CARELLI, Mário. Cícero Dias. Banco Icatu S.A., 1997

BRETT, G. Um salto radical. In: ADES, Dawn. Arte na América Latina: a era moderna ,1820-1980. São Paulo: Cosac&Naify, 1997. p. 254.

CAMPOS, Eduardo; ESCHER, Chico. Cícero Dias: décadas de 20 e 30. São Paulo: Fundação Armando Alvares Penteado, 1994

CEVASCO, Maria Elisa. Para ler Raymond Williams. São Paulo: Paz e Terra, 2001, p. 153.

CHIPP, Herschel. B. Picassos’s Guernica. History, transformations, meanings. Londres: Thames and Hudson, 1988

Cícero Dia: uma vida pela pintura. São Paulo: Simões de Assis Galeria de Arte, 2001

DEBORD, G. A sociedade do espetáculo. Rio de Janeiro: Contraponto, 1997

FERRAZ, Geraldo. Guernica: poema vozes do quadro de Picasso. São Paulo: Massao Ohno/Edição do autor, 1962. p. 04

FRASCINA, F. A política da representação. In: WOOD, P. et al. Modernismo em disputa – a arte desde os anos quarenta. São Paulo: Cosac & Naify Edições, 1998, p. 141.

MARTINS, Luís. Os pintores. São Paulo: Cultrix, 1960. p. 257.

MILLIET, Sérgio. A pintura e a guerra. In: MILLIET, Sérgio. Pintura quase sempre. Porto Alegre: Livraria do Globo, 1944. p. 162.

MILLIET, Sérgio. Da pintura moderna. In: MILLIET, Sérgio. Três conferências. Rio de Janeiro: Ministério da Educação e Cultura, 1955, (Os Cadernos de Cultura)

MILLIET, Sérgio. “Posição do pintor”. Ensaios. São Paulo: Brusco & Cia, 1938, p. 142.

OITICICA, Hélio. A transição da cor do quadro para o espaço e o sentido de construtividade. In: OITICICA, Hélio. Aspiro ao grande labirinto. Rio de Janeiro: Rocco, 1986. p. 50.

PEDROSA, Mário. A missa de Portinari. In: PEDROSA, Mário. Dos murais de Portinari aos espaços de Brasília. São Paulo: Perspectiva, 1981, p. 32

PEDROSA, Mário. Dentro e fora da Bienal. In: PEDROSA, Mário. Dos murais de Portinari aos espaços de Brasília. São Paulo: Perspectiva, 1981, p. 53

PEDROSA, Mário. Entre Pernambuco e Paris e Cícero Dias ou a Transição Abstracionista. In: PEDROSA, Mário. Dimensões da arte. Rio de Janeiro: Ministério da Educação e Cultura/Departamento de Imprensa Nacional, 1964.

PEDROSA, Mário. Fundamentos da arte abstrata. In: PEDROSA, Mário. Dimensões da arte. Rio de Janeiro: Ministério da Educação e Cultura/ Departamento de Imprensa Nacional, 1964. p. 212

PEDROSA, M. O momento artístico. In ARANTES, O. (org.). Acadêmicos e modernos. São Paulo: EDUSP, 1998. p. 243

PEDROSA, Mário. Panorama da pintura moderna. In: ARANTES, Otilia (org.). Modernidade cá e lá. São Paulo: EDUSP, 2000. (Textos Escolhidos de Mário Pedrosa, v. 4)

Polyana Canhête: Bienais de São Paulo: da era do Museu à era dos curadores. São Paulo: Boitempo, 2004

SCHAPIRO, Meyer. A unidade da arte de Picasso. São Paulo: Cosac Naify, 2002

WILLIAMS, R. Cultura e Sociedade. São Paulo: Editora Nacional, 1969,

WILLIAMS, R. Cultura. São Paulo: Paz e Terra, 1992.

WILLIAMS, R. Drama from Ibsen to Brecht. Londres: The Hogarth Press, 1987.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2237-9126.2008v2n2p57

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Domínios da Imagem
Telefone: 55 (43)3328-4589 
E-mail: dominiosdaimagem2@gmail.com
E-ISSN: 2237-9126