Os passos pedem passagem: Um estudo etnográfico sobre Ruínas de estações ferroviárias no sul do RS

Beatriz Rodrigues Ferreira, Ana Luiza Carvalho da Rocha

Resumo


Através deste artigo propõe-se discutir elementos para a composição de uma etnografia sobre o urbano, tendo como objeto de estudo as percepções dos transeuntes sobre o espaço urbano no qual estão inseridos, e com o qual estabelecem relações de significado. Na presente descrição, toma-se como ponto de partida uma incursão etno-fotográfica à Estação Ferroviária da cidade de Pelotas, RS, utilizando a imagem como um elemento revelador do contexto do lugar, no intuito de discutir questões como os modos de percepção sobre as ruínas na paisagem urbana, a produção de itinerários sobre a cidade e a resignificação destes espaços em decomposição.


Palavras-chave


Fotoetnografia. Paisagem Urbana.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1984-7939.2010v6n8p213



Discursos Fotogr.

Londrina - PR

DOI: 10.5433/1984-7939

EISSN: 1984-7939

Email: revistadiscursos@uel.br




 
Esta obra está licenciada com uma licença Creative Commons Atribuição-Não comercial 4.0 Internacional.