Visão além da visibilidade : o universo das imagens na contemporaneidade e a instauração da obra em quadrinhos Américo

Halisson Júnior da Silva

Resumo


Por meio da articulação entre determinadas teorias da imagem e a metodologia de pesquisa em arte, se pretende criar uma obra em quadrinhos que problematize a condição humana diante do mundo contemporâneo constituído por imagens. As teorias da imagem aqui abordadas partem do conceito de escalada da abstração de Vilém Flusser, na qual concebe a contemporaneidade e o futuro próximo como domínio das imagens técnicas produzidas por aparelhos que invertem os vetores de significação entre realidade e imagem. Complementam a discussão a teoria do espetáculo de Guy Debord e a teoria do simulacro de Jean Baudrillard. Tais teorias pretendem compor um paradigma da contemporaneidade de modo a estabelecer a referência adequada à produção do quadrinho. A partir de tal referencial teórico, aborda-se a linguagem artística buscando constituir a devida relação entre teoria e prática. Assim sendo, se investiga a linguagem dos quadrinhos em relação às aproximações teóricas, assim como se descreve o processo de instauração do quadrinho, intitulado Américo, identificando e explicando os recursos da linguagem quadrinística utilizados, além de estabelecer as relações entre a história desenvolvida com a abordagem teórica.


Palavras-chave


Teses e Dissertações. História em Quadrinhos. Teorias da Imagem.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1984-7939.2013v9n15p273



Discursos Fotogr.

Londrina - PR

DOI: 10.5433/1984-7939

EISSN: 1984-7939

Email: revistadiscursos@uel.br




 
Esta obra está licenciada com uma licença Creative Commons Atribuição-Não comercial 4.0 Internacional.